2007-10-13

Poeta da Academia de Letras de Irecê e sua Pátria Irreal

O polêmico poeta Irajá Claudino, membro da Academia de Letras de Irecê, já incomodou muita gente com suas poesias. Prestem atenção na letra da poesia Pátria Irreal, um retrato típico deste Brasil que vive deitado eternamente em berço esplêndido:

Pátria Irreal

Terra chamada Brasil...
Sob este céu de anil,
Só sujeira, lodo e lama
Remando contra a maré
Seguirá na marcha ré
Para o antônimo da fama

Creio ser uma utopia
Acreditar que um dia
O Brasil vire nação.
Já está dilacerado,
Enforcado, esquartejado
Seu povo morre sem pão

Solo fértil verdejante
Políticos ignorantes
Sem patriotismo moral.
Dirigentes inconseqüentes
Nos fazendo eternamente
A pátria mais irreal

Nos salários dos deputados
Um montante camuflado...
Dinheiro público a rolar.
Muitos são os senhores
Os doutores, senadores
Que ganham sem trabalhar

Governadores e presidente,
Vereadores indecentes
E os prefeitos pueris.
O bolso destes aquecem
Enquanto milhões padecem
Em diferentes “Brasis”.

Alguns ministros e juizes,
Vivem as mesmas matizes
Da opulência exarcebada
O grande flagelo indecente
São milhões de indigentes
Morrendo na pátria amada

Modelo financeiro imundo
Nos faz de terceiro mundo
Celeiro de todo mal.
Meu Brasil foi engolido
Logo digerido e expelido
No mundo um troço fecal.

Poeta Irajá

2 comentários:

mariabia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mariabia disse...

Poeta Irajá,

Em Pátria Irreal, esplendidamente, o poeta grita a voz do povo. Brasil irreal, sim. País, da Torre de Babel. Na Poesia Real percebe-se um mundo poliglota da terra "esplendida". Seria utópico pensarmos, em uma independência real? Sim. Cito Milton Santos, Baiano, em o Mundo Visto do lado de cá, ele fala das três globalizações;sendo a primeira uma fábula, comenta que "a mudança virá de baixo". Então, depende de nós, quem sabe, quando não mais votarmos, em políticos que legislam em causa própria. Quando a massa dominante acreditar, que A EDUCAÇÃO É UM DIVISOR DE ÁGUA PARA TODA E QUALQUER NAÇÃO. NOSSA EDUCAÇÃO É IRREAL.

Bia/BSB

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget