2007-10-04

Universidade Federal de Irecê depende de mobilização da sociedade

Está nos planos do presidente Lula a construção de dez universidades federais em todo o país. E está lá na Câmara dos Deputados o projeto nº PL-5789/2005, apresentado pelo deputado Félix Mendonça, para criação de uma Universidade Federal de Irecê, na Região Setentrional da Bahia, para ensino superior, pesquisa, extensão universitária, curso de graduação e curso de pós - graduação.

Em 26/8/2005, houve o despacho das Comissões de Educação e Cultura; Trabalho, de Administração e Serviço Público; Finanças e Tributação (Art. 54 RICD) e Constituição e Justiça e de Cidadania (Art. 54 RICD) - Art. 24, II.

Em 12/6/2007, o projeto contou com o parecer favorável do Dep. Daniel Almeida (PCdoB-BA), na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP). Também de Lídice da Mata.

Região de Irecê precisa mobilizar

São dez universidades até o final do mandato de Lula. Elas irão para os lugares ou regiões que mais se mobilizarem. Cabe, portanto, a população do Território de Irecê e de outras cidades da Chapada Diamantina unirem para que uma das dez universidades federais venha para cá.

Nas palavras do deputado federal Félix Mendonça, que apresentou o projeto:

"É preciso que cada jovem, cada estudante, cada entidade, cada câmara de vereadores, cada prefeito se una em torno desta idéia e defenda o projeto como se fosse seu".

A vinda da Universidade Federal para Irecê beneficiaria, direta ou indiretamente, cerca de 400 mil pessoas, uma estimativa da população do Território. Parte dos jovens daqui saem para Feira de Santana, Salvador, Vitória da Conquista, Campina Grande e Rio de Janeiro em busca de um curso superior grátis.

Muitos não voltam mais.

Leia:
Dia Mundial dos Professores: UNESCO pede informações completas sobre eles

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget