2007-11-13

Ações do Ministério Público de Irecê são questionadas por vereadores

A Câmara de Vereadores de Irecê aprovou requerimento do vereador Pascoal, convocando outros vereadores a participarem de audiência com procurador do estado, a fim de discutir ações do Ministério Público em Irecê.

Eles questionam que o Ministério Público vai até a feira livre ordenar a apreensão de CDs e DVDs vendidos por camelôs, mas não fazem nada diante da violência que toma conta de Irecê.

O Ministério Público, em Irecê, em vez de olhar apenas para o lado mais fraco, poderia pressionar o Estado no sentido de assegurar o direito que todo cidadão tem de ir e vir livremente, sem risco de ser assassinado, como está acontecendo na cidade.

Acho que a lei deve ser aplicada, mas primeiro que se aplique aos ricos e poderosos, depois aos mais fracos.

No caso da segurança de Irecê, o Governo e os deputados que representam a região, sumiram. Talvez quando estiver perto da eleição ou quando houver alguma reunião, eles apareçam novamente para fazer um belo discurso carregado de promessas e de estatísticas. Fica só nisso! Nada mais do que isso!

Nenhum comentário:

Arquivo


Teste sua Memória