2008-01-24

Um milhão de turistas chegam a Salvador e 470 mil baianos saem de lá

As estradas baians vão estar bastante movimentadas, durante o período de Carnaval. Enquanto muitos gostam do evento,outros preferem viajar para o interior, onde é mais sossegado.

Enquanto Salvador se prepara para receber mais de 1 milhão de turistas para a maior festa de rua do mundo – de acordo com o Guiness Book –, alguns baianos já estão de malas prontas para pegar a estrada e aproveitar o feriado prolongado longe do circuito carnavalesco. Para quem quer tranqüilidade, os destinos mais procurados são as paradisíacas praias dos Litorais Norte e Sul, além de cidades da Chapada Diamantina e do Recôncavo baiano. O maior feriado do ano sugere ainda viagens mais longas.

De acordo com estimativas da Agerba e das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, cerca de 160 mil baianos devem deixar Salvador pela rodoviária e 310 mil pelo ferry-boat. Outras 450 mil pessoas devem chegar à capital baiana para curtir o carnaval. Os motoristas devem incluir na bagagem uma dose extra de cautela e muita atenção, já que o fluxo de veículos será intenso nos dois sentidos.

Algumas rodovias baianas estão passando por intervenções, a exemplo da BA 148, no trecho Rio de Contas/Jussiape, e a BR 415, entre Floresta Azul e Ibicaraí. Ao transitar nestas áreas, os condutores devem ficar atentos ao movimento de homens e máquinas na pista.

A Secretaria Estadual de Infra-estrutura (Seinfra), através do Departamento de Infra-estrutura de Transportes da Bahia (Derba), traçou os melhores roteiros para uma viagem segura, lembrando sempre o respeito à velocidade e o uso do cinto de segurança.

As estradas que dão acesso ao Litoral Sul, Ilha de Itaparica, Extremo-sul e cidades do Recôncavo apresentam boas condições de trafegabilidade. Somente na BA 001, foram realizados, recentemente, mais de 200 km de intervenções rotineiras, com operação tapa-buracos, roçagem, drenagem, limpeza de acostamento e renovação da sinalização. A BA 882, rodovia que dá acesso às praias da Ilha de Itaparica, como Berlinque, Tairu e Cacha Pregos, também passou por serviços de restauração em seu pavimento.

O secretário estadual de Infra-estrutura, Antonio Carlos Batista Neves, salienta que “graças ao trabalho permanente de restauração e conservação da malha rodoviária do Estado já é possível trafegar com tranqüilidade em vários trechos antes intrafegáveis”. No entanto, o secretário ressalta a importância do respeito às regras de trânsito. “Por encontrar pistas melhores, alguns motoristas acabam excedendo na velocidade e esse fator, somado a imprudência, é uma das principais causas de acidentes”, observou.

Também estão trafegáveis as rodovias que levam às praias do Litoral Norte (Estrada do Coco/Linha Verde), BA 099, e do Sul da Bahia, BA 001 – Ilhéus/Itacaré, Ilhéus/Canavieiras, Valença e Camamu. Na Chapada, as BAs 142 (trecho Andaraí/Mucugê) e 144 (BR 242/Lençóis) estão perfeitamente trafegáveis devido aos serviços de manutenção constante, como a operação tapa-buracos, roçagem, limpeza de acostamento e a renovação de toda sinalização vertical.

Outra região muito procurada é a do Recôncavo, onde estão concentradas cidades históricas, como Cachoeira. Um bom caminho é a BR 420, que recentemente passou por limpeza de bordo, recuperação do meio-fio e passivo ambiental. Os trechos desta rodovia, de Maragogipe a São Roque do Paraguaçu, também se encontram em bom estado de conservação.

Maiores informações:

Assessoria Derba
Daniela Sansão - (71) 3115-2244 / 3115-2375
sansao@derba.ba.gov.br e ascom@derba.ba.gov.br

Assessoria Seinfra
Raiane Veríssimo (MTB: 09040 MG) - (71) 3115-2286 / 9979-7126 / 9182-9758
raianeverissimo@seinfra.ba.gov.br e ascom@seinfra.ba.gov.br

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget