2008-02-25

Campanha de vacinação contra febre aftosa será lançada com palestra

Com uma palestra do presidente do Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Antenor Nogueira, nesta sexta-feira (29), num café da manhã, às 8h30, na Fundação Luís Eduardo Magalhães, o Governo do Estado lançará oficialmente a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa, que será iniciada no sábado (1º).

A expectativa da Secretaria da Agricultura (Seagri) e da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) é de reunir no evento, onde Nogueira vai falar sobre importância da campanha de vacinação para o comércio internacional de carnes, os membros da cadeia produtiva da carne no estado.

A campanha na Bahia prossegue até o dia 31 de março e, durante esse período, todos os criadores estão obrigados a vacinar seu rebanho de bovino e de bubalino (bois e búfalos) contra a enfermidade. A multa para quem não vacinar é de 50 UFIRs por animal e de 150 UFIRs por propriedade que não declarar a vacinação. As campanhas são desenvolvidas pela Adab e acontecem anualmente, em março e setembro.

“Nesta etapa daremos maior atenção aos municípios que obtiveram, na etapa de setembro do ano passado, o percentual de vacinação inferior a 90%, com atenção também para os criadores inadimplentes”, enfatiza o diretor geral da Agência, Altair Santana.

Estratégias

Para o sucesso da campanha, a Adab contará com aproximadamente 100 dias de campo, o que visa facilitar a conscientização dos pequenos criadores quanto à importância da vacinação, além de orientá-los sobre os procedimentos corretos da vacinação e declaração. Dos 273 mil produtores cadastrados, 60% possuem rebanhos com menos de 50 cabeças.

Este ano, a agência vai dar uma maior atenção aos municípios de Formosa do Rio Preto, Buritirama, Mansidão, Santa Rita de Cássia, Remanso, Casa Nova, Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes, por estar localizados na zona tampão, área que separa a Bahia dos estados que apresentam maior risco para aftosa.

Os bovinos e bubalinos que estão dentro dos oito municípios baianos integrantes da zona só podem transitar para outros municípios com apresentação de atestados sorológicos, comprovando ausência da aftosa.

A fiscalização do trânsito de animais também é intensificada nessa época. São 41 barreiras fixas e móveis distribuídas em todo o estado. A Adab também fiscaliza as revendedoras de vacinas, em torno de 682 na Bahia. Os estabelecimentos devem atender às normas corretas que visam garantir a qualidade e o estoque da vacina.

Campanha

Nas duas etapas da campanha realizada no ano passado, a Bahia alcançou o índice vacinal de 97%, sendo o maior registrado até hoje no estado. A meta da Adab para este ano é imunizar 100% do rebanho, o que corresponde a cerca de 11,25 milhões de cabeças. Para complementar a ação, será realizada uma campanha publicitária com o slogan “Seja Boi, Seja Boiada”, em diversos veículos de comunicação do estado.

Ras/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget