2008-02-29

Cientistas identificam gene que faz plantas 'resistirem' à seca

Em condições de seca, plantas perdem muita água pelos poros

Cientistas americanos e finlandeses afirmam ter identificado um gene nas plantas que, se modificado, pode torná-las resistentes à seca.

Os pesquisadores da Universidade de Helsinque disseram que o gene controla a quantidade de dióxido de carbono absorvida pelos vegetais e a evaporação de água na atmosfera.

No estudo, publicado na revista Nature, os especialistas afirmam que as plantas desempenham um papel crucial da regulação da atmosfera ao absorver o carbono do ar.

Ao seqüestrar o gás através de poros minúsculos encontrados nas folhas, chamados estomas, as plantas depois liberam vapor de água.

Em climas extremamente secos, uma planta pode perder até 95% de sua água desta forma.

Primeiro passo

Os especialistas dizem que há décadas a ciência vem tentando descobrir o material genético que controla a ação dos estomas.

Agora, eles afirmam ter identificado o gene que controla a abertura e o fechamento dos poros.

Os pesquisadores avaliam que, com isso, será possível modificar as plantas para que continuem absorvendo o carbono, mas reduzam a eliminação de água, possibilitando sua sobrevivência em condições de seca.

O professor Jakko Kangasjarvi, um dos pesquisadores envolvidos no estudo, disse que o trabalho é apenas "o primeiro passo".

"Isso abre muitas possibilidades", afirmou. "Ainda estamos muito longe de concretizar as intervenções genéticas, mas antes dessa pesquisa não havia qualquer indício de um gene que poderia ser modificado. Agora temos o alvo."

Por enquanto, os experimentos foram realizados em alguns tipos de agrião, mas os cientistas dizem acreditar que a estrutura genética é a mesma em várias plantas que produzem comida, como o arroz.

Acredita-se que possíveis técnicas de modificações genéticas para controlar a evaporação de água nas plantas poderão ser comercializadas só daqui a 20 anos.


Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget