2008-02-28

Rios Verde e Jacaré estão sendo analisados pelo Monitora

As águas dos Rios Verde e Jacaré, afluentes do Rio São Francisco, terão amostras coletadas para análise de qualidade a partir de amanhã (28). É o Programa Monitora, executado pela Superintendência de Recursos Hídricos (SRH), autarquia da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, e do Senai/Cetind, que está avaliando a qualidade das águas dos 75 maiores rios do estado e seus afluentes até 2010, em um investimento de R$ 6,7 milhões.

Os técnicos farão as coletas nesta quinta e sexta-feira nos municípios de Itaguaçu, na Barragem de Mirorós, Canarana, Barro Alto, na Curva da Serra, próximo a Tareco e América Dourada, nos Rios Verde e Jacaré. No começo da semana, eles iniciaram as coletas nas águas da Bacia do Rio São Francisco e estiveram em Juazeiro, Sobradinho, Rodelas, Glória e na sub-bacia do Rio Real e Vaza-Barris, em Paulo Afonso.

O Programa Monitora passou também essa semana pelos Rios Salitre e Sobradinho, entre Sobradinho e Juazeiro e entre Umburanas e Campo Formoso. Foram coletadas amostras também no braço do São Francisco do Lago de Sobradinho, no município de Juazeiro. Na próxima semana, o Monitora estará nos rios afluentes do São Francisco na sub-bacia do Rio Paramirim, Santo Onofre e Carnaíba de Dentro, na Calha do Médio São Francisco e na Bacia dos Rios Grande e Corrente.

A visita à Bacia do São Francisco é a última etapa da primeira fase do Programa Monitora, que já coletou materiais e catalogou características ambientais das bacias do Extremo Sul, Rio Pardo, do Recôncavo Norte, Recôncavo Sul, Rio de Contas, do Leste, entre outras. Os resultados das pesquisas serão divulgados pela SRH no dia 28 de março.

Os relatórios das análises farão parte do Sistema Estadual de Informação de Recursos Hídricos e conterão os principais focos de poluição dos recursos hídricos estaduais, decorrentes de fontes pontuais de poluição, a exemplo do esgoto sanitário e industrial, bem como de fontes difusas, como escoamento superficial, agrotóxicos, fertilizantes, dentre outros.

O programa vai gerar um banco de dados sobre a qualidade das águas fluviais da Bahia para subsidiar a gestão dos recursos hídricos e auxiliar na elaboração de planos de bacias hidrográficas, que tem como propósito reunir os aspectos qualitativos e quantitativos do uso das águas. O Monitora visa também correlacionar as condições das águas com as características de ocupação e uso do solo, nas diferentes bacias.

Mas/al

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget