2008-04-09

Acontece na Bahia pela quarta vez um dos principais eventos de turismo do Nordeste, a BNTM

Considerada a maior bolsa de geração de negócios em turismo receptivo do país pelo Ministério do Turismo, a Brazil National Tourism Mart (BNTM) será realizada pela quarta vez na Bahia, de 10 a 13 de abril. O evento foi criado pela Fundação Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI-NE), uma organização que congrega os nove estados nordestinos.

Em entrevista coletiva concedida hoje (7), no Centro de Convenções de Salvador, o secretário de turismo, Domingos Leonelli e a presidente da Bahiatursa, Emília Silva, explicaram como vai funcionar o evento que deve gerar U$ 186 milhões em negócios para o turismo do nordeste, um valor recorde.

Esta é a 17ª edição do evento que no ano passado foi realizado em Pernambuco. Este ano, a Setur, a Bahiatursa e todo o trade turístico baiano aguardam mais de 400 buyers (operadores internacionais) de 25 países, 51% do mercado europeu, 35% da América do sul e 15% da América do Norte, além de 300 suppliers (fornecedores de mercado, como hotéis, operadoras e agências de viagem), e 120 jornalistas de veículos nacionais e internacionais. A novidade desta edição é a participação de representantes do leste europeu, como a República Tcheca e a Polônia. A BNTM representa um crescimento da ordem de 14% para o estado anfitrião conforme dados da Fundação CTI-NE.

Além do lançamento oficial que será realizado no Palácio da Aclamação, no dia 10, e a rodada de negócios no Centro de Convenções de Salvador ,no dia 11, a programação inclui um tour pelas principais zonas turísticas baianas como a Chapada Diamantina, Costa dos Coqueiros, Costa do descobrimento e Baía de Todos os Santos, a ser realizado com os buyers nos dias 12 e 13. Serão apresentados diferentes tipos de turismo na Bahia, como o São João (considerado o novo produto turístico baiano), o turismo de golfe (a Bahia hoje tem os quatro melhores campos do país para a prática do esporte), o turismo étnico, enoturismo, ecoturismo, entre outros.

Segundo Emília Silva, estão sendo investidos cerca de R$ 1,2 milhão no evento, que tem como principal objetivo mostrar mais da Bahia para o mercado internacional.. “O nosso diferencial é a cultura, a história, e nós vamos mostrar o que a Bahia tem a oferecer através de diversos tipos de turismo como náutico, o turismo étnico, o golfe”, afirmou.

Um dos principais destinos almejados é a Escandinávia, que segundo a presidente da Bahiatursa já existem projetos a serem executados em parceria com a Bahia, como o lançamento de um livro sobre o trio elétrico, em setembro deste ano, e em agosto de 2009, a realização do carnaval da Bahia no país.

Para o secretário Leonelli, a realização da BNTM vai contribuir para a valorização do estado como destino turístico e trazer novos investimentos para a Bahia. “Nós estamos investindo na malha rodoviária e aérea do estado, com dos recursos do Prodetur,além da qualificação profissional que está sendo realizada no setor”, garantiu. Segundo o secretário, em 2007 foram investidos R$ 520 mil em qualificação profissional no setor turístico no estado e até 2009 vão ser investidos cerca de R$ 8,5 milhões.

Leonelli disse ainda que o evento vai chamar a atenção para diferentes pontos turísticos na Bahia como a região de Paulo Afonso, onde está o maior cânion navegável do mundo, o que vai contribuir para as ações de interiorização do turismo.

Ucm/al

Nenhum comentário:

Arquivo


Teste sua Memória