2008-04-24

Aumenta o número de doações de órgãos múltiplos na Bahia

A Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos do Estado já registrou, este ano, um total de 16 doações de múltiplos órgãos, equivalendo ao mesmo número de doações do ano de 2006. Segundo o médico Eraldo Moura, coordenador do Sistema Estadual de Transplantes (Coset), o número de doações em 2007 chegou a 42.

“Estamos caminhando bem e acredito que vamos superar o número de doações do ano passado”, afirmou o médico, lembrando que uma doação de múltiplos órgãos pode beneficiar até 30 pessoas.

A última doação de múltiplos órgãos ocorreu no domingo (20), no Hospital Geral Roberto Santos. Na Bahia, existem, atualmente, cerca de 4 mil pacientes em lista de espera para transplante e o estado detém uma taxa de menos de dois doadores de órgãos por milhão de habitantes, quando o ideal seria 50 doadores por milhão.

A implantação e a implementação das Comissões Intra-Hospitalares de Transplantes nos hospitais públicos e privados, a ampliação do número de equipes transplantadoras, a implantação das Câmaras Técnicas e dos protocolos para transplantes e a ampliação do número de equipes para diagnóstico de morte encefálica, são metas citadas por Eraldo Moura para este ano.

sas/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Teste sua Memória