2008-04-18

Educação sanitária será tema nas exposições agropecuárias do semi-árido baiano

Palestras, apresentações de peças teatrais, distribuição de material didático e exibições de vídeo educativo sobre a importância do consumo de carne com qualidade. Estas atividades serão desenvolvidas durante as exposições agropecuárias de Miguel Calmon, Irecê e Mundo Novo, que a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) vai promover entre os dias 22 e 24 deste mês.

O evento integra o Programa Bahia Saudável – Segurança Alimentar e seu objetivo é informar aos cerca de dois mil visitantes esperados, a relevância do consumo de carne e leite inspecionados.

“Nossa intenção é, por meio das campanhas educativas, transformar os consumidores em nossos maiores fiscais. É importante que a população tenha consciência e adquira produtos que possuam os Selos de Inspeção Estadual (SIE) ou Inspeção Federal (SIF), para que muitas doenças não sejam transmitidas pela ingestão de leite ou carne clandestinos, sem inspeção” afirmou diretor de inspeção de produtos agropecuários da Agência, Willadesmon Silva.

Além das atividades de educação sanitária, a Adab ainda busca o envolvimento das prefeituras municipais, autoridades locais, produtores e representantes do Poder Judiciário, alertando-os sobre os riscos dos estabelecimentos com atividades clandestinas e as vantagens da regularização destas atividades para a região.

Atualmente, existem na Bahia 139 laticínios de com inspeção estadual registrados na Agência, que produzem cerca de dois milhões de litros processados por dia e cerca de 23 matadouros frigoríficos em situações adequadas para a comercialização dos produtos de origem animal.

ras/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget