2008-04-15

Encontro Bahia capacita articuladores para controle social do SUS

A Secretaria da Saúde do Estado quer formar uma rede que dialogue com os movimentos populares, qualifique os conselhos de saúde, incentive o protagonismo juvenil nas escolas, para a gestão participativa do Sistema Único de Saúde, e se articule com as instituições públicas que exercem o controle social, visando a efetivação do direito à saúde.

Para alcançar esse objetivo, a Superintendência de Recursos Humanos/diretoria de Gestão da Educação e do Trabalho na Saúde (Dgets) instituiu um grupo de trabalho que conduzirá o “Mobiliza SUS – uma estratégia para fortalecimento do controle social na Bahia”.

A primeira etapa do projeto terá início, nesta terça-feira (15), no Hotel Vilamar (Amaralina), com o 1º Encontro para a Formação de Articuladores de Educação Permanente para o Controle Social no SUS.

O grupo é formado por representantes da Sesab (Dgets e Escola Estadual de Saúde Pública), Conselho Estadual de Saúde, Secretaria Estadual de Educação, Ministério Público e Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde. Sua primeira ação será investir na formação de articuladores regionais – em torno de 172 – que, posteriormente, vão atuar na formação de facilitadores nas 28 micro-regiões do estado.

“Por meio da articulação intersetorial entre os setores da saúde, educação e Ministério Público, pretendemos potencializar a capacidade regional de uma gestão mais participativa e de um controle social mais efetivo do SUS. Para isso, utilizaremos uma rede capaz de colaborar na avaliação da atuação dos conselheiros municipais de Saúde e, no caso das lideranças escolares, provocar debates sobre o SUS, até mesmo nas salas de aula”, explica Maria Caputo, diretora de Gestão da Educação e do Trabalho na Saúde.

O evento prossegue até sexta-feira (18), reunindo representantes de movimentos sociais, conselheiros estaduais de Saúde, representantes do Ministério Público, das diretorias regionais de Educação (Direcs) e das diretorias regionais de Saúde (Dires), além de representantes do Ministério da Saúde.


sas/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget