2008-05-06

Apicultores do semi-árido da Bahia vão exportar mel

A Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), começa a colher o resultado do que plantou na apicultura da comunidade rural de Limoeiro, distrito de Campo Formoso, município do semi-árido baiano. Em 2004, a Agência aprovou financiamento num total de R$ 118.406,00 para 24 apicultores, com três anos de carência. O negócio prosperou tanto que 50% dos apicultores anteciparam a quitação das dívidas e agora planejam tomar novos empréstimos, visando à exportação da produção.

O financiamento através do Programa Nacional de Apoio à Agricultura Familiar (Pronaf) deu certo. Eles receberam treinamento do Sebrae, assistência técnica da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) e celebraram convênio com a Companhia Nacional de Alimentos (Conab) para absorção da produção. Limoeiro atualmente produz, com 800 colméias, cerca de 16 toneladas de mel/ano, com até três colheitas anuais.

Os 24 produtores receberam cursos de capacitação para aquisição de materiais, captura de enxames, implantação de apiários e comercialização do produto. “Foi fundamental o monitoramento financeiro que fizemos através de relatórios trimestrais e visitas locais anuais para que os produtores obtivessem um retorno considerado muito bom em relação às metas de produção propostas”, afirmou a Analista de Desenvolvimento da Gerência de Crédito Rural da Desenbahia, Marta Vieira Ponte.

Os apicultores organizaram a Cooperativa Apícola e Pesqueira de Campo Formoso, com o financiamento da Desenbahia construíram a Casa do Mel, equipada com centrífuga e mesa de aço inoxidável, ultrapassando a fase artesanal. Marta Ponte considerou também fundamental a garantia de mercado, pois, antes mesmo de ser colhida, quase toda a produção já está vendida, principalmente para a Companhia Baiana de Alimentos (Conab), que exige padrão de qualidade e atendimento aos prazos estabelecidos”. Agora, os produtores estão somente esperando a concessão do selo de qualidade para exportar a produção.

Fas/al

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget