2008-05-16

Governo da Bolívia quer fazer parceria com a Bahia para transferência de tecnologias

A vice-ministra da Transparência e Luta contra Corrupção da Bolívia, Nardi Suxo, acenou com a possibilidade de firmar parceria entre o governo do seu país e o governo baiano para transferência de tecnologias de gestão pública. A informação foi dada durante visita realizada nesta quarta-feira (14) ao posto do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) do Shopping Barra.

A vinda da missão boliviana integra as atividades do Centro Internacional de Inovação e Intercâmbio em Administração Pública (Ciiiap), uma parceria entre o governo federal, o governo baiano e a Organização das Nações Unidas (ONU).

Antes de visitar a loja do SAC Barra, Nardi Suxo esteve em reunião com técnicos da Secretaria de Administração, que expuseram alguns itens da tecnologia de gestão de Atendimento ao Cidadão. Na ocasião, ela foi recebida pelo secretário Manoel Vitório, que se mostrou favorável a um intercâmbio para troca de experiências entre a Bahia e a Bolívia. “Podemos desenvolver um termo de cooperação técnica, somos favoráveis à idéia”, disse Manoel Vitório.

A vice-ministra Nardi Suxo estava acompanhada pelo diretor geral do Programa de Revolução Institucional (PRI), Erick San Miguel, ligado ao Ministério da Presidência da Bolívia, e por técnicos do governo boliviano. Também Integraram a comitiva representantes do PNUD da Bolívia e do Brasil.

Para Nardi Suxo, a necessidade de desenvolver novas ferramentas de gestão decorre da necessidade de alavancar a inclusão social no seu país. “Grande parte da nossa população ainda é muito carente de boas prestações de serviços públicos e, evidentemente, temos muitas demandas a serem atendidas”, pontuou a vice-ministra.

Outra preocupação externada por Nardi Suxo é quanto à questão da qualidade dos gastos públicos na Bolívia. Segundo ela, a luta contra a corrupção é prioridade máxima no governo do presidente Evo Morales. Neste sentido, Suxo destacou a importância de conhecer o programa de qualificação do gasto desenvolvido no Estado, o Compromisso Bahia. “É uma tecnologia de gestão que nos interessa, pois o combate ao desperdício e à corrupção está entre os 10 pontos do compromisso do nosso governo”, destacou a vice-ministra, que amanhã segue com sua comitiva para São Paulo onde tomará contato com outras experiências na área de administração pública.

Aas/al

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget