2008-05-24

Universidade Federal da Bahia e Governo vão combater desperdício de água

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e a Universidade Federal da Bahia (Ufba) firmaram parceria técnica visando dar mais eficiência aos gastos com água nos órgãos e unidades estaduais. Por meio da implantação do Programa Águapura será realizado um diagnóstico do consumo de água em 14 prédios do Centro Administrativo da Bahia (CAB), no Centro de Recursos Ambientais (CRA), em uma unidade escolar e em um hospital do estado.

A ação faz parte do Compromisso Bahia - Programa da Qualidade do Gasto Público, que objetiva economizar R$ 490 milhões até 2010 com despesas de custeio, pessoal e licitações. O programa pretende fornecer as condições adequadas para o consumo de água, reduzindo o desperdício e atendendo às necessidades dos usuários. “Com a parceria, a idéia é instituir uma política de consumo de água eficiente, voltada para a otimização dos gastos com água e sem perder de vista a utilização sustentável dos recursos naturais”, explica o secretário Manoel Vitório.

A partir de um diagnóstico inicial serão postas em prática, melhorias técnicas que passam pela formulação de novos procedimentos gerenciais e de manutenção, além de reformas estruturais dos ambientes, instalações e equipamentos. As atividades envolvem o planejamento e monitoramento das informações para a conseqüente correção de rumos.

O levantamento levará em conta dados como características da edificação, perfil dos usuários, composição dos gastos, informações sobre a demanda e consumo em cada órgão. Além disso, o convênio estabelece a formação de equipes multidisciplinares formadas por servidores que serão treinados para acompanhar e executar as atividades do projeto.

A previsão inicial é capacitar cerca de 30 servidores em diversos órgãos e unidades estaduais. Em uma etapa posterior, o projeto também prevê o aproveitamento de fontes alternativas (como água subterrânea e de chuva) e a criação de indicadores para acompanhar e medir os resultados das ações.

Conscientização

A superintendente de Serviços Administrativos da Saeb, Ângela Fonseca, destaca a importância da conscientização dos servidores públicos em relação ao consumo racional dos recursos hídricos, também contemplada no projeto Atitude Positiva, mais um braço de ação do Compromisso Bahia. “O Atitude Positiva vem para estimular a formação de uma nova cultura, que privilegia a responsabilidade e o compromisso de todos com a utilização dos recursos públicos”, afirmou.

Além da conscientização dos usuários, o Águapura vai combater desperdícios que venham a ser detectados como, por exemplo, em decorrência de equipamento hidráulico desregulado. Segundo o coordenador do Águapura, professor Asher Kiperstok, as perdas nas instalações vão desde gastos ocasionados por uma torneira desregulada, até vazamentos de grande porte, que ocorrem com freqüência na bacia de reservatórios enterrados, e que podem demorar meses para serem descobertos se não houver um acompanhamento rotineiro dos gastos.

Paralelamente, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur) iniciou as medições diárias de consumo de água em imóveis do CAB, cujos dados coletados integrarão o banco de dados do Projeto Águapura. A meta é ampliar a intervenção para a totalidade dos prédios do CAB, alinhando-se os procedimentos para as demais edificações da administração pública estadual.

aas/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget