2008-06-01

Bahia recebe visita de embaixadores africanos nas comemorações do Dia da África

Os embaixadores da Nigéria, Kayorde Garrick, do Congo, Baudowin e de Angola, Leovigildo da Costa e Silva estão na Bahia em visita de cortesia pelo Dia da África, comemorado no último dia 25 de maio. As autoridades africanas foram recebidas pelo governador Jaques Wagner na Governadoria. Uma das homenagens preparadas pelo governo baiano foi uma sessão especial realizada na quinta-feira (29), na Assembléia Legislativa da Bahia.

Em Salvador já existem órgãos ligados a alguns países da África como a Casa do Benin, a Casa de Angola, da Nigéria e agora, segundo o secretário de Promoção da Igualdade, Luiz Alberto Silva dos Santos, já está em andamento uma discussão entre representantes do Congo e do Centro Internacional de Negócios da Bahia (Promo), ligado à Secretaria de Indústria e Comércio, para proporcionar importantes trocas comerciais e culturais com a Bahia. “Esse encontro com a comitiva africana foi importante para estabelecer novos processos de relação da Bahia com esses países”, disse o secretário.

Segundo o governador Jaques Wagner, a Bahia como o estado brasileiro mais próximo geográfica e culturalmente da África, está cumprindo seu papel no esforço de aproximação cultural, de negócios e de comércio com os países africanos. “Eu já tenho viagens programadas à África para buscar aproximar os povos e também promover bons intercâmbios comerciais”, assegurou Wagner.

Para o embaixador do Congo, Kayorde Garrick, “é uma alegria pra nós estar mais uma vez na Bahia, nós temos ligações familiares com o povo baiano”. Segundo ele, o comércio entre o Brasil e a África tem aumentado cada dia mais, cerca de 20% desde 2004. “A previsão é que esse ritmo vai continuar e a relação de comércio entre o Brasil e a África via crescer”, afirmou.

História

No dia 25 de maio de 1963, 32 chefes de Estado africanos se reuniam contra a colonização e subordinação a que todo um continente repetidamente foi submetido durante séculos. Colonialismo, neocolonialismo, 'partilha da África'.

Na reunião de 1963, em Adis Abeba, capital da Etiópia, esses líderes criaram a Organização da Unidade Africana (OUA), hoje a União Africana.

Dada a importância daquele momento, o 25 de maio foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1972, Dia da Libertação da África. Diversos eventos serão realizados esta semana para marcar a data.

Gcm/al

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget