2008-06-15

Celebração dos 80 anos de Che Guevara na Sala Alexandre Robatto

Che Guevara completaria 80 anos no dia 14 de junho (ontem). E para lembrar o legado do mítico líder revolucionário, a Sala Alexandre Robatto exibe Carabina M2: Uma Arma Americana – Che na Bolívia, de Carlos Pronzato, de 13 a 19 deste mês.

O documentário reafirma a importância da luta de Che pela libertação latino-americana, retratando o percurso de Guevara na Bolívia. O recorte temporal se dá desde a sua chegada, em 1966, sua instalação na selva boliviana, até a sua morte, em 9 de outubro de 1967.

O nome do documentário faz referência à arma com a qual ele foi executado, uma carabina M2 de fabricação americana, acionada pelo sargento Mário Téran. Esta arma é mostrada mundialmente pela primeira vez no filme pela viúva do tenente Carlos Pérez Gutiérrez, quem, na época, entregou o artefato ao citado Mário Terán para executar Che Guevara.

Nascido na Argentina em 1928, depois das suas famigeradas viagens pela América Latina, Che aportou em Cuba, onde começa sua lenda com o triunfo da revolução cubana, em 1959.

Depois de um período de relativa calma em funções de governo, tem lugar sua fracassada expedição na África e finalmente chega à Bolívia para pôr em prática seu plano de insurreição continental antiimperialista. É capturado e assassinado em 9 de outubro de 1967, no sudeste boliviano. Desde então seu mito não pára de crescer.


cas/om

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget