2008-06-15

Exposição das obras de Verger e Carybé até dia 30 no Forte Santo Antônio

Quinze obras do artista plástico Carybé e 16 fotos do fotógrafo PierreVerger estão em exposição na Galeria dos Mestres do Forte de Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Antigo de Salvador, até o dia 30 deste mês. As imagens simbolizam a união de grande amizade que perdurou por 50 anos entre esses dois grandes artistas, um francês e outro argentino, que se encontraram na Bahia a partir da década de 1940. A parceria proporcionou a preservação e divulgação da memória cultural afro-baiana.

Outros momentos dessa afeição estão relatados no livro "Carybé e Verger - Gente da Bahia", da série ‘Entre Amigos’ da Fundação Pierre Verger, em parceria com a empresa Odebrecht, também lançado no Forte de Santo Antônio no início do mês.

O forte, de propriedade da União, está sendo repassado para o Estado da Bahia - processo iniciado no final do ano passado, tendo à frente a Secretaria da Cultura (Secult), por meio Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).

Ele está localizado na extinta ‘Trincheira Baluarte de Santiago’, construída em 1627 após a expulsão dos holandeses de Salvador. Além das funções de defesa da cidade, a fortificação foi utilizada, por diversas vezes, como prisão.

Na década de 50, foi transformado em Casa de Detenção, desativada em 1976. Durante o regime militar, abrigou muitos presos políticos. No início de 1979, passou a ser ocupado pelo bloco carnavalesco ‘Os Lord´s’. Em 1981 aconteceu uma reforma para abrigar o Centro de Cultura Popular. Em 1997, o Ministério da Cultura e Ipac iniciaram novos estudos, concluindo a restauração em 2006.

A visitação ao forte acontece de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h, com o pagamento da taxa de R$ 3. Outras informações, no blog http://fortesantoantonio.blogspot.com, pelos telefones 3117-1488/1492 e e-mail fortesantoantonio@ipac.ba.gov.br.


cas/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget