2008-06-05

Primeiro encontro de Agroecologia mobiliza produtores do Vale do Jiquiriçá-Bahia

Mais de 600 agricultores familiares e 200 estudantes de escolas agrotécnicas da região de Amargosa estão participando, até esta quinta-feira (5), do 1º Encontro de Agroecologia do Vale do Jiquiriçá, na Escola Agrotécnica de Amargosa, localizada a três quilômetros da sede do município.

Voltado para a construção de processos produtivos ambientalmente sustentáveis, economicamente rentáveis, e que proporcionem a inclusão social e maior segurança alimentar aos agricultores familiares do Território de Identidade Cultural do Vale do Jiquiriçá, o evento é EBDA, vinculada à Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), em parceria com a Prefeitura Municipal de Amargosa e com o Centro Sapucaia - entidade ambientalista da região Com 21 municípios, o território Vale do Jiquiriçá possui um grande contingente de agricultores familiares que trabalha com culturas extrativistas como o dendê, feijão e a mandioca. Hoje, com apoio de órgãos governamentais vem desenvolvendo outras atividades agrícolas visando à diversificação de culturas, com sustentabilidade, como opção de renda complementar e conseqüente melhoria de qualidade de vida.

Durante o encontro haverá 21 atividades diárias, entre oficinas e mini-cursos. A EBDA montou um estande, onde expõe os produtos regionais da agricultura familiar, como os utilizados na alimentação animal (silo, feno, sorgo, cana), promovendo demonstrações práticas e distribuindo publicações técnicas-científicas sobre as principais culturas exploradas na região.

No encerramento, dia 5, em comemoração ao Dia Internacional do Meio Ambiente, será realizado um ato público com todos os participantes, na sede do município, contando com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e dos sindicatos de trabalhadores da região.

ras/is

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget