2008-06-13

Salvador e Porto Seguro são destino turístico de 180 operadoras

Salvador e Porto Seguro estão no roteiro de 180 operadores (divididos em 14 caravanas) turísticos de 31 países que visitarão 34 destinos de Norte a Sul do Brasil. As visitas começaram terça-feira (10) e vão até 17 de junho. Além das duas cidades baianas, os demais roteiros são: Estrada Real, Serras Gaúchas, Manaus e Floresta Amazônica, Belém e Marajó, Pantanal e Bonito, Foz do Iguaçu, São Paulo, Recife e Porto de Galinhas, Salvador e Praia do Forte, Natal e Pipa, Fortaleza e Jericoacoara, Búzios e Lençóis Maranhenses.

Da América do Sul virão 26 operadores de nove países. A maior delegação, com 33 operadores, é a dos Estados Unidos, atualmente o segundo maior país emissor de turistas para o Brasil. “Com grande poder aquisitivo, o turista norte-americano é um dos nossos principais focos. Nós formatamos o segmento de turismo étnico justamente para atender os afrodescendentes. Estamos negociando a implantação de um vôo direto dos Estados Unidos para Salvador, que poderá sair de Atlanta, Chicago ou New Orleans”, afirma o Secretário de Turismo Domingos Leonelli.

Segundo a presidente da Embratur, Jeanine Pires, a vinda periódica de operadores estrangeiros ao Brasil é essencial para o sucesso da divulgação dos destinos brasileiros no exterior. “As caravanas têm um papel fundamental na promoção da diversidade cultural e natural brasileira. Elas ajudam na divulgação e comercialização de novos destinos e produtos, além de fomentar a troca de informações e o estabelecimento de contatos comerciais entre o trade turístico”.

Quatro segmentos

Convidados pela Embratur, eles irão conhecer de perto o que o País tem a oferecer como destino turístico. As excursões culminam no Destination Brazil Show Case (DBS), evento que serve de vitrine turística internacional do Brasil e que acontece nos dias 16 e 17 de junho, no Rio de Janeiro. Para este ano, a Embratur organizou caravanas voltadas para os segmentos de sol e praia, ecoturismo, cultura e negócios e eventos. Os operadores foram escolhidos entre 439 inscritos de grandes empresas de turismo de todo o mundo. O objetivo é trazer ao país profissionais que, em sua maioria, nunca estiveram no Brasil ou nos destinos contemplados pelas caravanas.

Entre 2006 e 2007, foram realizadas 58 caravanas de operadores estrangeiros para o Brasil. Ao todo, durante este período, a Embratur trouxe 503 operadores, de 37 países, para visitar 252 destinos brasileiros. No ano passado, foram registrados 5.025.834 turistas em visita a terras brasileiras, quase um milhão de visitantes a mais que em 2003, batendo também o recorde histórico de entradas de divisas com uma receita de US$ 4,9 bilhões, quase o dobro da receita do ano de 2003.


Uas/al

Nenhum comentário:

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget