2007-06-20

Irecê virou terra sem-lei

Outros destaques:

Turminha brasileira: Mamãe artificial
Jornal O Brasileirinho: Criança usa eletrônicos cada vez mais cedo

Assaltos a mão-armada em pleno dia, seqüestros relâmpagos, roubo de motos, jovem assassinado friamente por 9 outros jovens, depois de ser torturado e estuprado enquanto sangrava devido ao esfaqueamento e tantas outras violências, de manhã, de tarde, de noite, não importa mais a hora.

Hoje, dia 20 de maio, uma tentativa de homicídio às 9:40m, na Av. Aurélio José Marques. Dois motoqueiros atiraram em um carro, acertando na cabeça de uma criança de 11 anos que está passando mal. Poucas horas antes, um dono de supermercado tinha sido assaltado.

A cidade parece um fim do mundo! Sem deputados, sem prefeito, sem policiais, sem nenhuma segurança. Se há alguma coisas dessas, que se manifeste. O povo quer justiça.

E se a justiça não aparecer, pelo que estou vendo, com a sede de justiça em que se encontra os ireceenses vai acabar havendo uma união e, tomara que não chegue a este ponto, a justiça poderá ser feita pelo própio povo.

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget