2007-10-13

Poeta da Academia de Letras de Irecê e sua Pátria Irreal

O polêmico poeta Irajá Claudino, membro da Academia de Letras de Irecê, já incomodou muita gente com suas poesias. Prestem atenção na letra da poesia Pátria Irreal, um retrato típico deste Brasil que vive deitado eternamente em berço esplêndido:

Pátria Irreal

Terra chamada Brasil...
Sob este céu de anil,
Só sujeira, lodo e lama
Remando contra a maré
Seguirá na marcha ré
Para o antônimo da fama

Creio ser uma utopia
Acreditar que um dia
O Brasil vire nação.
Já está dilacerado,
Enforcado, esquartejado
Seu povo morre sem pão

Solo fértil verdejante
Políticos ignorantes
Sem patriotismo moral.
Dirigentes inconseqüentes
Nos fazendo eternamente
A pátria mais irreal

Nos salários dos deputados
Um montante camuflado...
Dinheiro público a rolar.
Muitos são os senhores
Os doutores, senadores
Que ganham sem trabalhar

Governadores e presidente,
Vereadores indecentes
E os prefeitos pueris.
O bolso destes aquecem
Enquanto milhões padecem
Em diferentes “Brasis”.

Alguns ministros e juizes,
Vivem as mesmas matizes
Da opulência exarcebada
O grande flagelo indecente
São milhões de indigentes
Morrendo na pátria amada

Modelo financeiro imundo
Nos faz de terceiro mundo
Celeiro de todo mal.
Meu Brasil foi engolido
Logo digerido e expelido
No mundo um troço fecal.

Poeta Irajá

2007-10-10

Irecê: Educar e Construir - Manifesto ao Povo de Irecê (I)

Aproximam-se as eleições para Prefeitos em todo o Brasil. É hora de se perguntar que futuro nos espera aqui em Irecê a partir da eleição no próximo ano, em nível de desenvolvimento, nos campos educação, saúde, urbanização com pavimentação, arborização e principalmente nos campos da moralidade, honestidade, honradez, respeito, paz, serenidade, enfim, o que nos espera. Estas questões me afligem há muito tempo e com todo respeito às candidaturas que aí estão postas, é preciso dizer que não podemos mais repetir experiências que não deram certo e nem fazer aventuras com nomes que ao longo do tempo, nada fizeram de concreto para o desenvolvimento do município que justifiquem os seus pleitos. Irecê é um município nacionalmente conhecido como a terra do feijão, tem os melhores solos do planeta e um povo vocacionado para o trabalho na agricultura. Já existe uma reforma agrária natural e não existe conflito pela disputa de terra. O que precisa, portanto, é a busca de programas de crédito para a agricultura com a reabilitação do agricultor inadimplente, para normalização das operações bancárias e a criação de projetos alternativos de emprego e renda, resgatando assim a dignidade do nosso povo que não quer viver de esmolas.

Professor Jorge Rodrigues

Estou nesta terra há 34 anos completados hoje, dia 1º de outubro. Conheço, em função das experiências que tenho vivido a realidade desta terra. Aqui fui secretário de Finanças, de Educação e de Governo. Como tal consegui apoio da população algumas conquistas importantes para o município, principalmente como secretário de Finanças do 1º Governo do Dr. Joacy, no período de 77 a 82. O Projeto CIATA, que modernizou o sistema tributário do município, acabando com a figura do fiscal de Feira, antro de corrupção. O Projeto CURA, cuja concorrência foi vencida com a disputa com Juazeiro, Jequié e Feira de Santana, legalização da Semana Inglesa que descansa os trabalhadores às 13h do sábado, criação dos festejos de São João em praça pública, hoje a maior festa popular da região. É importante lembrar que foi um dos mais bem sucedidos governos de Irecê e que o Dr. Joacy, atual prefeito, está tentando com todo esforço repetir agora.

(continua)

Irecê: Educar e Construir - Manifesto ao Povo de Irecê (II)

Continuação


Contabilizo outras conquistas no campo particular que me enchem de orgulho. Fundação da Associação Comercial de Irecê da qual fui presidente por 10 anos, quando nem mesmo os comerciantes davam valor. Foi difícil, transformá-la numa entidade com o respeito que tem hoje, com ajuda de companheiros como Osvaldo Novaes, D. Ilza, Noé Borges, João Oliveira, Mudesto, Aliomar Waith, Chicão, Onildo, entre outros. Participei ativamente da consolidação da Loja Maçônica “Luz, Trabalho e fraternidade” ajudei a fundar o LIONS CLUB DE IRECÊ, a Loja Maçônica “RENASCENÇA” e várias associações de Bairros e Povoados. Liderei junto com outros companheiros como Silu, Nei Rodrigues, Evandro Miranda, Consuelo, entre outros, o projeto da criação da UNEB de Irecê que por não ter sede, funcionou 1 (um) ano no Colégio Cláudio Abílio Aragão, de minha propriedade, sem custos para ela. Como presidente da ACI, participei ativamente da criação do BANEB de Irecê e da vinda da água de Lapão para Irecê, quando se vivia a maior crise de água, tendo inclusive, entregue o projeto nas mãos do então presidente da república João Batista Figueiredo, em memorável encontro no Rio de Janeiro.

Transformei o Colégio Comercial de Irecê, do saudoso e inesquecível amigo Dr. Cláudio, em Colégio Cláudio Abílio Aragão, em homenagem à sua memória que hoje é uma referência na educação no interior do Estado. Fundei a UESSBA – Faculdade do Sertão, a 1ª Faculdade particular do Sertão da Bahia e que agora foi classificada em avaliação do MEC – ENADE, a 2ª melhor da Bahia com o seu curso de Administração de Empresas, e que é o maior instrumento de desenvolvimento de uma região.

Tenho o maior orgulho de ver hoje na comunidade, vários profissionais competentes que foram nossos alunos bolsistas em razão da sua carência econômica e que vivem felizes e com dignidade exercendo sua profissão com qualidade.

Não posso negar que já tive algumas divergências com Prefeitos de oposição e até com quem ajudei a eleger, tudo em busca de uma administração que atendesse às aspirações do povo.

Professor Jorge Rodrigues

É com esta folha de serviços prestada a Irecê e região, com humildade, consciência, muito respeito ao povo e com a maior fé em Deus, que venho colocar o meu nome à disposição do povo de Irecê, através dos grupos que estão discutindo democraticamente a escolha do candidato a prefeito em 2008. Caso seja escolhido, vou colocar a minha história de esperança e experiência a serviço do desenvolvimento do município. Caso o meu nome esteja à altura da honrosa missão e não seja escolhido, quero apoiar e trabalhar a favor de outro nome, desde que tenha preparo, conduta moral, experiência, serviços prestados, capacidade de articulação e trabalho em equipe, credibilidade perante a opinião pública, humildade, honradez, diálogo com os governos estadual e federal pequena rejeição do povo e o mínimo de popularidade para ganhar a eleição.

Que Deus nos dê a necessária lucidez para eleger no próximo ano, um prefeito que possa resgatar as nossas esperanças, continuar as importantes obras que estão em andamento, com todo empenho, trabalho, respeito e carinho com o povo.

Com a disposição da luta de sempre, sou

Prof. Jorge Rodrigues.

2007-10-09

Beto Lelis assumirá o mandato de deputado federal no lugar de Sérgio Brito

Segundo declarações do deputado federal Severiano Alves, presidente do PDT da Bahia e vice-presidente da executiva nacional, é questão de dias para o ex-prefeito de Irecê, Beto Lelis assumir o mandato de deputado federal.

O motivo de tudo isso foi a decisão do Supremo dizendo que o mandato do parlamentar pertence ao partido e não ao parlamentar. Por conta disso, o deputado federal Sérgio Brito que que foi eleito pelo PDT, mas abandonou a legenda, perderá seu mandato para o suplente, no caso, Beto Lelis.

Ainda esta semana, o ex-prefeito de Irecê estará em Brasília, acompanhado do presidente do PDT, para requerer seu mandato de deputado federal.

Em breve, se tudo ocorrer bem, estará representando o Território de Trecê, na Câmara dos Deputados.

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget