2008-03-14

Feira internacional de caprinos homenageia a Bahia

Com a realização de negócios na ordem de R$ 15 milhões, a Feira Internacional de Caprinos e Ovinos, que acontece até amanhã (15) em São Paulo, superou as expectativas dos organizadores em 50%, com a venda de animais, materiais genéticos e equipamentos. Nessa quinta edição da feira, a Bahia foi o estado homenageado, tendo apresentado o estande institucional mais concorrido, com as ações da Secretaria da Agricultura (Seagri) para o desenvolvimento da ovino-caprinocultura e de outras cadeias produtivas no estado.

O chefe de gabinete da Seagri, Carlos Eduardo Sodré, que representou o secretário da Agricultura, Geraldo Simões, agradeceu a homenagem prestada à Bahia, destacou a importância que já desfruta a ovino-caprinocultura no estado e apresentou as principais estratégias para o desenvolvimento da cadeia produtiva. “A Bahia está aberta a todos os que queiram investir no estado, cujas condições naturais ofertadas podem trazer um retorno expressivo aos investimentos”, destacou Sodré.

Participando pela primeira vez do evento, o estado divulgou técnicas de inseminação artificial para o melhoramento genético do plantel e apresentou programas, dentre eles, o de diversificação da produção – o Sertão Produtivo. A Bahia ainda foi representada por dez criadores que expuseram 300 animais na feira internacional.

“Foi uma experiência única para o agronegócio e, sobretudo, para a agricultura familiar. Apesar de ser referência nacional na criação de caprinos e ovinos, a Bahia ainda tem muito a aprender no que diz respeito à modernização de técnicas e adoção de tecnologias de ponta”, considera o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, Wilton Cunha.

Para obter melhores índices de produção, a Seagri se propõe a estimular o melhoramento genético, por meio de distribuição de matrizes e reprodutores e da inseminação artificial. O órgão vai distribuir cerca de 70 mil animais adquiridos através de licitação para 13,3 mil famílias de agricultores familiares do semi-árido baiano, beneficiadas com o programa Sertão Produtivo.

No total serão 257 municípios contemplados. Na primeira etapa de distribuição, receberão benefícios agricultores familiares dos 133 municípios com menor IDH do estado. Os outros 124 municípios, que detêm os maiores rebanhos o melhoramento será por inseminação artificial.

O programa é desenvolvido pela Superintendência da Agricultura Familiar da Seagri (Suaf), com um aporte de recursos de R$ 12 milhões para o estímulo à cadeia produtiva. Além da aquisição de matrizes e reprodutores, serão distribuídos aos agricultores familiares kits para ensilagem de forrageiras para reserva estratégica alimentar do rebanho no período de estiagem.

O Sertão Produtivo ainda prevê a adoção de cautela de segurança hídrica, mediante a oferta de um ponto confiável de água para cada produtor. A Bahia é líder no ranking nacional de caprinos e o segundo maior de ovinos, estimado em 4 milhões e 2,5 milhões de cabeças, respectivamente.


Ras/al

PROCON divulga ranking das empresas mais reclamadas em 2007

Empresas Reclamadas 2007

Com 4.405 reclamações, Telefonica lidera o ranking pelo segundo ano seguido.

Os fornecedores Telefonica, Itaú, Benq (celulares Siemens), Vivo e Mitsubishi/Aiko/Evadin são os cinco primeiros colocados do ranking de reclamações 2007 da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania.

A lista, concluída em 31/12/2007, contém apenas reclamações fundamentadas. Ou seja, demandas de consumidores que não foram solucionadas com a primeira intervenção do Procon-SP e necessitaram da abertura de processo administrativo para serem trabalhadas pelo órgão junto aos fornecedores e que foram concluídas no ano em questão.

Campeã de reclamações de 2007, a Telefonica teve um crescimento de 95% nas reclamações fundamentadas em relação ao ano passado. Em 1998, 1999, 2000, 2001 e 2006 a empresa já havia encabeçado a lista. Em 2004, no entanto, ocorreu uma mudança de critério que fez com que a empresa, apesar de em números absolutos ter sido a mais reclamada, ficar na 32º posição (o critério utilizado naquele ano foi o de empresas que menos atenderam ás solicitações do consumidor).

Neste ano, ao elaborar o ranking, a Fundação Procon-SP agrupou os fornecedores de uma mesma marca para facilitar a leitura dos dados por parte do consumidor. O parâmetro aplicado foi o modo como a empresa é apresentada ao público. "O consumidor, quando contrai um financiamento, um seguro ou contrata um cartão de crédito, por exemplo, identifica a credibilidade da instituição, independentemente de ser uma empresa do grupo que possui um CNPJ diferente da matriz. Isso fica nítido em campanhas publicitárias e em todo o material informativo onde se destaca a marca", explica Carlos Augusto Coscarelli, assessor chefe do Procon-SP.

Das 20 empresas que lideram o ranking, todas têm autuação e respondem processo administrativo perante o Procon-SP. Ou seja, independentemente da empresa resolver ou não o problema individual do consumidor, o órgão atua coletivamente no sentido de minimizar os impactos no mercado de consumo.

A área de Serviços Essenciais (água, telefonia, luz etc.) foi a que registrou o maior número de reclamações, 31%, seguida de perto pela de Produtos (móveis, eletrônicos, vestuário etc.), 30%. As aéreas de Assuntos Financeiros (bancos, cartões de crédito, financeiras etc.), Serviços Privados (escola, clubes, oficina mecânica etc.), Saúde (planos de saúde, cosméticos medicamentos etc.), Habitação e Alimentos concentraram 25%, 10%, 3%, 0,60% e 0,22% reclamações fundamentadas, respectivamente.

Cadastro de Empresas Reclamadas 2007

(Informações sobre fomato PDF)

A Fundação Procon-SP também apresenta na presente data o Cadastro de Reclamações Fundamentadas. Trata-se de uma atividade que atende ao disposto no Código de Defesa do Consumidor (Artigo 44), que determina a divulgação de reclamações fundamentadas, atendidas e não atendidas, pelas empresas fornecedoras de produtos e serviços.

O reconhecimento da ação técnica efetiva da Fundação Procon-SP reflete-se em números: de um total de 515.681 atendimentos (simples consultas, atendimento preliminar, orientação, etc.) apenas 22.831 se transformaram em reclamações fundamentadas (ao todo, estão listados 2.639 fornecedores).

O cadastro produzido pela fundação também é publicado no Diário Oficial do Estado e está disponível na página do órgão na Internet (www.procon.sp.gov.br), em ordem alfabética. O consumidor também pode ter acesso ao banco de dados geral, abrangendo o período de cinco anos, pelo telefone 3824-0446.

Assessoria de Imprensa
Procon-SP

2008-03-13

Deputados discutem proposta de renegociação da dívida de produtores rurais

Brasília - Deputados da Comissão de Agricultura da Câmara vão apresentar, no próximo dia 18, alternativas à proposta do governo para renegociação da dívida agrícola. A informação é do presidente da comissão, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).


Segundo ele, o governo “não avançou neste um ano de negociações” e, por isso, técnicos da comissão e das entidades representativas do setor – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Confederação Nacional dos Trabalhadores em Agricultura (Contag) e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) – vão se reunir para apontar alternativas.

Depois que o governo apresentar sua proposta de renegociação das dívidas de grandes e pequenos produtores, as duas comissões do setor, da Câmara e do Senado, vão se reunir para discutir as medidas. O secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt, anunciou hoje (13) que as medidas serão detalhadas no dia 25.

“Nessa audiência conjunta, nós vamos organizar uma vigília com os produtores, aguardando a proposta do governo”, afirmou Lorenzoni.

O deputado disse que as propostas serão encaminhadas “para, dentro daquilo que for possível, o governo incorporar na proposta do dia 25. A comissão e o setor tomaram a decisão de ter uma pró-atividade neste momento, no sentido de buscar o mais rapidamente possível aliviar o produtor rural brasileiro desse grande fardo que ele carrega”.

Embora tenha apontado que as negociações não avançaram no último ano, Lorenzoni se mostrou otimista em relação ao cumprimento do novo prazo. “Eu acredito que no dia 25, os ministros vão cumprir com a palavra empenhada”, disse.

Lorenzoni preferiu não adiantar o conteúdo das alternativas que estão sendo elaboradas, mas afirmou que “este é um trabalho técnico, mas que tem um forte componente político. Então ele precisa, primeiramente, estar ajustado com as entidades representativas, estar ajustado com a representação parlamentar do setor, para que nós possamos dar divulgação”.

Morillo Carvalho*
Repórter da Agência Brasil

Produtores rurais ficam tranquilos com a publicação da Portaria 226 da Corregedoria

O desfecho judicial esperado por mais de 200 produtores rurais do oeste da Bahia que haviam perdido a titularidade das terras por causa de uma decisão da Justiça baiana aconteceu ontem (12), com a publicação da Portaria 226, da Corregedoria Geral do Estado.

O documento, assinado pela corregedora-geral Telma Laura Silva Britto, revoga portaria anterior que determinava o cancelamento das matrículas de número 726 e 727, mantidas no Cartório do Registro Imobiliário de Santa Rita de Cássia.


Quando foram canceladas as matrículas que deram origem a cerca de 200 outras propriedades, todos os donos de terras nos 300 mil hectares de área de abrangência das matriculas originais perderam o título dos seus imóveis.

vas/om

Chuvas devem manter média histórica no próximo trimestre na Bahia

O Centro Estadual de Meteorologia da Superintendência de Recursos Hídricos (Cemba/SRH) divulgou, ontem (12), o prognóstico climático para os próximos três meses na Bahia, prevendo 40% de chances das chuvas ocorrerem dentro da média histórica em todo o estado.

Começa a chover em março, na região de Salvador, mas os maiores volumes de chuva nas regiões nordeste e Recôncavo ocorre nos meses de abril, maio e junho. Esse panorama sinaliza boas perspectivas de produção, sobretudo, na agricultura e reflete uma tranqüilidade no acréscimo de volume de água nos reservatórios”, explica o meteorologista, Heráclio Alves.

De março a maio, as regiões com os maiores índices de precipitação são: Recôncavo, com média histórica variando de 173,6 a 807,6 mm, o nordeste, com variação entre 149,9 a 339,0 mm, e a região sul, com índices de 203,4 a 592,5 mm.

Na região oeste, a média histórica para esse período é de 190,7 a 275,0 mm, na região do São Francisco, de 127,5 a 291,3 mm, na Chapada Diamantina, de 103,2 a 388,9 mm, sudoeste, de 101,4 a 314,0 mm, e na região norte, varia entre 60,6 a 337,4 mm.

Heráclio Alves afirma que deve chover mais na faixa centro-leste do estado em função do início do principal período chuvoso para as regiões sul, nordeste e Recôncavo, período que se estende até o mês de julho. A redução das chuvas indica o final do período chuvoso nas regiões oeste, São Francisco, norte, sudoeste e parte da Chapada Diamantina, onde chove menos, conforme as médias históricas.

O meteorologista alerta que, por ser o período mais chuvoso, há maior risco para as populações. “Eventos extremos como enchentes podem acontecer e problemas como desabamentos e deslizamentos de terra também. Isso se deve ao fato de as chuvas serem mais contínuas, o que deixa órgãos como a Defesa Civil em alerta máximo, chegando, inclusive, a deflagrar a Operação Chuva todos os anos nesse período.”


Média histórica de precipitação em cada região da Bahia


Região

Faixa de precipitação (mm) média histórica acumulada

De março a maio

Anual

Oeste

190,7 a 275,0

948,9 a 1167,3

São Francisco

127,5 a 291,3

620,4 a 1097,5

Norte

60,6 a 337,4

481,3 a 1044,0

Chapada Diamantina

103,2 a 388,9

503,5 a 1361,5

Sudoeste

101,4 a 314,0

501,4 a 1247,0

Sul

203,4 a 592,5

854,6 a 2045,8

Recôncavo

173,6 a 807,6

600,2 a 2111,1

Nordeste

149,9 a 339,0

411,6 a 867,4


12/03/08

mas/is

Manifesto na Paraíba em defesa da transposição do Rio São Francisco

Brasília - Cerca de 10 mil pessoas são aguardadas hoje no Ginásio do Colégio de Lourdes, no município de Monteiro (PB), para um ato público em defesa da transposição do Rio São Francisco. O evento terá a presença dos governadores Cássio Cunha Lima, da Paraíba, Wilma Faria, do Rio Grande do Norte, Eduardo Campos, de Pernambuco, Cid Gomes, do Ceará, e do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira.

Além dos governadores e do ministro, participam representantes da igreja, como o presidente do Comitê Pró-Transposição, dom Aldo Pagoto, artistas, deputados, senadores, prefeitos, vereadores, trabalhadores rurais e lideranças populares.

A programação começa agora de manhã e vai até às 12h30, quando haverá entrevista com o ministro Geddel Vieira Lima e os governadores nordestinos.
Às 9h, técnicos da Ministério da Integração Nacional apresentarão o Projeto de Integração de Bacias e Revitalização do Rio São Francisco.

Agência Brasil

Lula encontra com Condoleezza Rice para discutir bioconbustíveis

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, têm encontro hoje (13), ao meio-dia, com a secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice. De acordo com a agenda, o principal assunto será a cooperação na área de biocombustíveis, como desdobramento dos acordos assinados pelos presidentes dos dois países.

A notícia é da Agência Brasil:

A paz no Oriente Médio é outro assunto a ser tratado. Temas regionais também entrarão na pauta do encontro de Lula com Condoleezza.

Às 11h45, Brasil e Estados Unidos firmam, no Palácio do Itamaraty, protocolo para a realização de um Plano de Ação Conjunto para a Eliminação da Discriminação Étnico-Racial e a Promoção da Igualdade. O documento será assinado pelo ministro da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Edson Santos, e pela secretária norte-americana.

Segundo a assesoria de comunicação da Seppir, o convênio trata da melhoria e ampliação de programa de intercâmbio entre alunos brasileiros e universidades “historicamente negras” dos Estados Unidos, como as de Chicago e Columbia, chamadas assim por estarem entre as primeiras a abrir vagas para negros no país.

2008-03-12

Vídeo curioso sobre o déficit habitacional do Brasil

Estudo da Fundação João Pinheiro mostra que o déficit habitacional no país é de 7,9 milhões de residências. Ao mesmo tempo, existem 6 milhões de imóveis vazios.

Assista ao vídeo:

Juceb lança novos dispositivos de segurança para evitar fraudes

Novos dispositivos de segurança semelhantes aos usados para as cédulas de dinheiro serão lançados pela Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb), na próxima terça-feira (18), para evitar as falsificações de documentos expedidos pelo órgão. Só na Procuradoria Jurídica da Juceb, foram registrados, este ano, cerca de 40 casos de fraudes envolvendo certidões. Os documentos, que atestam o perfil da empresa, são exigidos, como pré-requisitos, por exemplo, em licitações, operações bancárias e, também, para prestar contas aos órgãos fiscais.

Segundo o presidente da Juceb, Afrísio Vieira Lima, os novos dispositivos de segurança implantados nos formulários das certidões, etiquetas e selos vão atestar a autenticidade dos documentos da Juceb. Todas as instituições que exigem das empresas as certidões do órgão serão notificadas sobre as mudanças nos documentos, agora expedidos pela Casa da Moeda.

“Vamos erradicar de vez as fraudes de quem quer atestar dados que não representam a real situação de uma empresa”, afirmou Vieira Lima. Os documentos serão lançados em solenidade na Governadoria. “Até lá, estarão guardados em cofres altamente seguros, embora seja praticamente impossível qualquer falsificação”, disse. O órgão investiu cerca de R$ 300 mil para a implantação das medidas.

Atualmente, cerca de 7 mil certidões são expedidas mensalmente pela Juceb. Os documentos reúnem informações diversas sobre a empresa, a exemplo do capital social, número de sócios e atividade. Antes, as certidões da Juceb eram emitidas em papel ofício comum, apenas com uma marca d’água.

Gjs/al

Secretária de Estado Condoleezza Rice desembarca em Salvador nesta quinta-feira

A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, chega a Salvador nesta quinta-feira (13), para uma visita de dois dias, a convite do governador Jaques Wagner, quando conhecerá os projetos sociais desenvolvidos em parceria pela Companhia de Energia Elétrica da Bahia (Coelba), a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) e o governo da Bahia. O governador também vai lhe apresentar as iniciativas desenvolvidas na área do turismo étnico-afro entre Bahia e EUA, além da Agenda do Trabalho Decente.

Pela programação inicial do governo, Ministério das Relações Exteriores do Brasil e o Departamento de Estado norte-americano, Condoleezza Rice desembarcará na Base Aérea de Salvador por volta das 16h45 e, às 19h30, participará de um jantar fechado, oferecido pelo governador, no Hotel Pestana, juntamente com empresários baianos e norte-americanos, ministros de Estado brasileiros, o prefeito João Henrique, secretários do governo baiano, diplomatas e artistas.

Na sexta-feira (14) está prevista visita ao Museu da Coelba, no Centro Histórico de Salvador, onde serão apresentadas as parcerias com a Usaid. Depois, a comitiva segue para o Terreiro de Jesus. Por volta do meio dia, a secretária embarca para Santiago do Chile.

Trabalho decente

A Bahia se destaca pelo pioneirismo mundial na construção subnacional da Agenda do Trabalho Decente. Em junho deste ano, a Agenda Bahia do Trabalho Decente será apresentada na reunião anual da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra.

Ao lançar a agenda, em dezembro de 2007, o governador Jaques Wagner ressaltou que “só é possível o desenvolvimento econômico com desenvolvimento social e promoção da vida humana”. A Agenda Bahia incorpora o conceito de trabalho decente proposto pela OIT.

Turismo étnico-afro

Em agosto de 2007, na cidade de Cachoeira, no Recôncavo, foi assinado um convênio entre o Governo do Estado e o Ministério do Turismo, destinando R$ 1.245.200,00 para o Programa de Ação do Turismo Étnico Afro da Bahia, durante os festejos da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte.

O convênio vai possibilitar o investimento em pesquisas, para a elaboração de políticas públicas voltadas para o turismo étnico afro, alem de ampliar os contatos com representações de empresários afros, para a construção de pousadas e hotéis voltados para esse segmento do turismo.

Em fevereiro deste ano, dirigentes da Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e da Bahiatursa participaram, em Atlanta, Estados Unidos, de um encontro sobre turismo étnico-afro, com o objetivo de promover a Bahia como destino turístico, sendo agendadas algumas ações, como um fam trip com as 12 maiores agências desse segmento e um press trip com jornalistas e editores afro-americanos.

Gaf/is

2008-03-11

6º Seminário Interuniversitario Estudios Canadienses em America Latina

O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), autarquia da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), participará, na quinta-feira (13), às 17h, no Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, no Campus de Ondina, de mesa redonda sobre Patrimônio Cultural, no 6º Seminário Interuniversitario Estudios Canadienses em America Latina (Seminecal).

O evento, que acontecerá até sexta-feira, é uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores e Comércio Internacional do Canadá, em parceria com a Universidad de la Habana Cátedra de Estudios Canadienses-Cuba e a Universidad Autónoma Metropolitana do México – Iztapalapa.

Dentre os objetivos do encontro, que reúne estudantes, professores, pesquisadores e profissionais de segmentos diversos, estão analisar as perspectivas de colaboração entre Canadá e América Latina e estimular as redes de relacionamento entre países das duas regiões continentais.

O primeiro Seminecal aconteceu em 2003, na Cidade do México. O segundo, em Assunção, capital do Paraguai (2004), e o terceiro, na Universidad de la Habana, Cuba (2005). O diretor geral do Ipac, arquiteto Frederico Mendonça, será moderador na mesa e explica que o evento possibilita diálogo com especialistas de vários países e trocas importantes sobre várias áreas.

Ele afirma que no segmento de patrimônio cultural, o governo estadual tem avançado, desde o ano passado (2007), em várias vertentes. “Além das grandes obras de restauração do Monumenta, em Salvador, Lençóis e Cachoeira, com investimentos de mais de R$ 30 milhões até o término do programa, e do Prodetur 2, que recupera grandes monumentos do Centro Histórico de Salvador, com cerca de R$ 13 milhões, a Secult, por meio do instituto, iniciou tombamentos inéditos, em 40 anos, de imóveis modernistas e art-déco, e desenvolve amplas pesquisas para registros de bens imateriais e intangíveis, como festas, manifestações populares e típicas da Bahia”.

Juntamente com Iphan, Ufba e outras secretarias estaduais, a Secul inicia, neste primeiro semestre, a criação de um Mapeamento e Plano de Manejo para Sítios Arqueológicos da Bahia. No final de abril será realizado, na cidade de Lençóis (Chapada Diamantina), o primeiro Fórum Estadual sobre Patrimônio Material da Bahia. O encontro é considerado um intercâmbio de experiências que auxilia na formação de novos projetos de pesquisa entre universidades e centros de estudos sobre os dois continentes.

cas/is

Saúde depende de de algum tipo de atividade

Algumas pessoas passam o tempo inteiro paradas, sem fazer nada e com o passar do tempo já não conseguem fazer atividades que exigem um mínimo de esforço.

Atualmente, muita gente volta a praticar algum tipo de atividade, nem que seja uma caminhada mais demorada, uma atração, entre outros tipos .

Assistam este vídeo e vejam a importância da atividade física:

Comitiva da Indonésia tem interesse em produtos agropecuários brasileiros

Soja, carne bovina e a tecnologia de produção do biodiesel estão entre os principais interesses da comitiva de empresários e representantes do governo da Indonésia que veio ao Brasil tratar de acordos comerciais.

A comitiva foi recebida na manhã de hoje (11) pelo ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, que disse não ver dificuldades no cumprimento das exigências sanitárias internacionais em relação à carne bovina, destacadas pelo ministro indonésio Anton Apriyantono.

Uma dessas exigências é o abate Halal, que obedece aos preceitos da religião muçulmana, seguida por 80% da população da Indonésia. Esse método, segundo Stephanes, já é utilizado em vários frigoríficos brasileiros.

Em relação à soja, atualmente a Indonésia importa 60% do que consome.

Danilo Macedo
Repórter da Agência Brasil

Ovino-caprinocultura baiana é mostrada em São Paulo

Com o maior rebanho nacional de caprinos e o segundo maior de ovinos, estimado em 4 e 2,5 milhões de cabeças, respectivamente, a Bahia pretende atrair novos investidores, além de divulgar para outros estados a qualidade genética, a sanidade animal e as técnicas de manejo adequadas para criação.

A oportunidade está na participação do estado no maior evento especializado da América Latina, a quinta edição da Feira Internacional de Caprinos e Ovinos (Feinco), que começou hoje (11) e segue até o próximo sábado, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.

O governo da Bahia, via Secretaria da Agricultura (Seagri), montou um estande institucional para apresentar técnicas utilizadas em programas para o melhoramento genético e diversificação da produção, com foco na caprino-ovinocultura, a exemplo do Sertão Produtivo.

Esta é a primeira participação da Bahia na feira, que deve reunir 25 mil visitantes, entre criadores, profissionais da indústria e do varejo e estudantes para discutir os caminhos e as estratégias a serem seguidos.

Sertão Produtivo

Dentre as iniciativas do Sertão Produtivo, está a distribuição de cerca de 70 mil animais adquiridos por meio de licitação para 13,3 mil agricultores familiares do semi-árido baiano. Na primeira etapa, serão contemplados os 133 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado.

O programa é desenvolvido pela Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), da Seagri, com um aporte de recursos de R$ 12 milhões para o estímulo à cadeia produtiva. Além da aquisição de matrizes e reprodutores, serão distribuídos aos agricultores familiares kits para ensilagem de forrageiras para reserva estratégica alimentar do rebanho para o período de estiagem.


ras/om

Aumenta em 42% a produção de caminhões no Brasil

Os orodutos agrícolas do Brasil saem do campo para os grandes centros transportados através de caminhões.

A produção de caminhões subiu 42% nos dois primeiros meses do ano.

Mesmo assim, a fila de espera para comprar um veículo como esse passou de 45 para 90 dias.

Assista este vídeo:

2008-03-10

Castram animais na Península de Itapagipe para reduzir zoonoses

Quinze cães abandonados no bairro da Ribeira, em Salvador, foram recolhidos na manhã de hoje (10), para serem submetidos à castração e vacinação. A iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado (Semarh), em parceria com a Associação Brasileira Terra Verde Viva, pretende estender a ação a 400 animais, entre cães e gatos, até 15 de abril. A medida é para evitar a reprodução descontrolada, diminuir a densidade de animais e reduzir a incidência de zoonoses, nas vias públicas da cidade.

Segundo a coordenadora da associação, Jussara Freire, diariamente serão recolhidos 15 animais na região da Península Itapagipana. A cidade baixa foi escolhida para desenvolver a ação por concentrar um grande número de animais abandonados nas ruas e estar próxima às praias. Paralelo à ação, está sendo promovida a conscientização e sensibilização da comunidade local, estimulando a adoção de animais.

Depois do recolhimento, os animais são levados pela associação para uma clínica, onde passam por uma triagem, para avaliação geral do animal, além de recolhimento do sangue para exames. Na etapa seguinte o animal é encaminhado ao centro cirúrgico para castração. O procedimento também reduz as chances de desenvolvimento de tumores nos testículos, ovários, mamas e infecções nos órgãos reprodutivos.

Todos os cães recolhidos pela associação vão receber uma identificação na orelha, em formato de tatuagem. A idéia é compor um banco de dados, com todas as informações técnicas e cirúrgicas de procedimentos realizados no animal.

A Associação Brasileira Terra Verde Viva coordena adoção de cães e desenvolve atividades, com o objetivo de diminuir a taxa de natalidade por esterilização em massa, de combater aos maus-tratos, além de conscientizar a população sobre os direitos dos animais. Existem aproximadamente 100 cães nas nossas casas de passagem. Todos são vacinados, higienizados, vermifugados e esterilizados. Os interessados em adotar um animal podem entrar em contato pelo telefone (71) 3266.0036, ou enviar e-mail para terraverdeviva@yahoo.com.br


Mas/al

Produção industrial baiana cresce 0,5% em janeiro

A produção industrial baiana apresentou, em janeiro, a expansão de 0,5% em relação a janeiro do ano anterior. O crescimento acumulado nos últimos 12 meses foi de 1,5% de acordo os resultados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) divulgados, hoje (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento.

Quatro segmentos da indústria de transformação apresentaram melhor resultado - celulose, papel e produtos de papel (27,0%), borracha e plástico (16,5%) e metalurgia básica (4,3%) - e a indústria extrativa mineral, um acréscimo de 3,0% na produção no período. Os segmentos em queda foram produtos químicos (-6,6%), refino de petróleo e produção de álcool (-1,8%), alimentos e bebidas (-2,6%) e veículos automotores (-7,5%) .

No acumulado dos últimos 12 meses (fevereiro de 2007 a janeiro de 2008), o crescimento foi de 1,5%. Os destaques foram alimentos e bebidas (5,9%), borracha e plástico (14,6%) e produtos químicos (0,8%). Entre os segmentos, apenas veículos automotores (-4,7%) e refino de petróleo e produção de álcool (-0,4%) acumularam queda.


pas/is/al

Anvisa - Lista de produtos proíbidos em todo o território nacional

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), via Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa), determinou como medida de interesse sanitário, a suspensão da fabricação, distribuição, comércio e uso, em todo o território nacional, dos produtos Strike Plus - Limpa Pedras, Strike Dry Up - Secante Abrilhantador para lavagem de louças e Strike Bril - Detergente, fabricados pela empresa C e O Guanabens-ME (nome fantasia de Strike Produtos e Serviços de Limpeza), de Maceió (Alagoas), por não possuir registro/notificação no órgão.

A Anvisa adotou o mesmo procedimento para o produto Wang Daí Tang, fabricado pela empresa SKL Herbal Cientifica Laboratório Farmacêutico Ltda, de São Paulo, por apresentar irregularidade semelhante. Também foi recolhido do mercado o Cateter de Dilatação Rx Ptca, da empresa Johnson&Johnson.

sas/is

Municípios discutem políticas de arquivos e bibliotecas

Os territórios de identidade de Irecê e de Piemonte da Diamantina (região de Jacobina) recebem entre amanhã (11) e sexta-feira uma comitiva formada por gestores e técnicos da Fundação Pedro Calmon, da Secretaria Estadual de Cultura (Secult), para promoção de ações voltadas para arquivos públicos e bibliotecas municipais.

Dentre as atividades, haverá um encontro com secretários municipais de Cultura, que irão debater sobre as políticas do programa Pontos de Cultura (MinC/Secult) em suas regiões.

Amanhã, será inaugurado o Arquivo Público Municipal Hermenito Dourado, no município de Irecê, a partir das 19h. Já nos dias 12, 13 e 14, a cidade de Jacobina recebe o curso Gestão da Informação Aplicada aos Arquivos Municipais, voltado a estudantes e profissionais de arquivos daquela região.

Realizado pela Diretoria de Arquivos (Diarq) da Fundação Pedro Calmon, o curso será ministrado por especialistas, tendo como objetivo promover a melhoria do atendimento ao público e garantir a conservação dos acervos e a integração dos arquivos públicos municipais ao sistema de arquivos da fundação.

O Território de Irecê reúne os municípios de América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Ipupiara, Irecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, São Gabriel, Uibaí e Xique-Xique.

O Território de Piemonte da Diamantina é formado por Caém, Capim Grosso, Serrolândia, Jacobina, Várzea Nova, Ourolândia, Umburanas, Mirangaba e Saúde.

2008-03-09

Produtores estão ansiosos para plantar milho transgênico, diz associação

Brasília - Agricultores estão ansiosos para iniciar a produção de espécies de milho transgênico, afirma o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Odacir Klein. Na última terça-feira (4), decisão do Tribunal Regional Federal da 4º Região de Porto Alegre manteve a liberação para o comércio da espécie modificada Liberty Link.

O presidente avaliou que a medida traz impactos positivos para os produtores. Um deles seria a diminuição no custo da produção, porque, disse, as sementes transgênicas são mais resistentes a determinados agentes externos, resultando um uso menor de defensivos agrícolas e um efeito ambiental melhor.

“Este ano, no Sul do país, teve uma praga chamada lagarto-do-cartucho, principal inimigo do milho. Essa lagarta prejudicou sensivelmente o milho produzido por sementes convencionais. O milho produzido por sementes transgênicas é resistente a determinados tipo de pragas”, acrescentou Klein, em entrevista à Rádio Nacional.

Segundo o responsável pela Abramilho, a produção brasileira tem potencial para crescer. Ele destacou a grande demanda mundial, principalmente na Ásia, e disse que o país precisa modernizar suas técnicas agrícolas.

“É fundamental que nós tenhamos condições de competitividade com outros países bem mais adiantados que nós, na produção desse grão, como nos Estados Unidos e Argentina.”

No início do ano, liminar judicial que impedia a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) de liberar qualquer variedade de milho transgênica foi suspensa pela desembargadora Maria Lúcia Luz Leiria. Na decisão, a magistrada destacou que a decisão causaria prejuízos e atraso no comércio do produto.

A liminar que proibia a liberação havia sido deferida parcialmente pela juíza federal Pepita Durski Mazini. Ela acatou com ressalvas a ação movida por quatro entidades – Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa (AS-PTA), Associação Nacional de Pequenos Produtores, Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e a Organização Civil pelos Direitos Humanos –, que apontavam riscos à saúde dos consumidores e falhas no processo de liberação. Ao decidir, a juíza afirmou que os estudos não abarcaram os possíveis impactos nas Regiões Norte e Nordeste.

Com a decisão, o comércio do Liberty Link, de responsabilidade da empresa Bayer, ficava proibido e a CTNBio era obrigada a exigir de produtores a elaboração de medidas para garantir que as variações transgênicas não ameaçassem a existência de variedades orgânicas, convencionais e ecológicas do vegetal. Pedidos para impedir a continuidade da comissão e que incluíam outra empresa foram indeferidos.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê a colheita de 53 milhões de toneladas de milho na safra deste ano.

Hugo Costa e Cilene Figueredo
Da Agência Brasil

Vídeo sobre renda do trabalhador no Mercosul

A partir deste mês, começa a valer o novo salário mínimo brasileiro.

Saiba mais sobre a renda do trabalhador no Brasil e nos demais países do Mercosul.

Arquivo


Teste sua Memória