2008-08-09

Responsáveis pelo Banco de Olhos da Bahia participaram de curso científico em São Paulo

Os oftalmologistas Jorge Paulo Araújo e Marco Pólo Ribeiro, responsáveis pelo Banco de Olhos do Estado, participaram recentemente, em São Paulo, do VIII Curso Certificado de Treinamento Técnico e Científico em Banco de Olhos do Brasil, promovido pela Associação Panamericana de Banco de Olhos – Apabo.

O curso, com 15 dias de duração, é avaliado pela revista americana Córnea como o melhor sobre Banco de Olhos da América. Além da troca de experiência, especialistas baianos mantiveram contatos com profissionais de todo o país, inclusive os responsáveis pela implantação de Banco de Olhos que estão bastante avançados em gestão e eficiência, a exemplo de Sorocaba, São Paulo, Cascavel, Fortaleza e Porto Alegre.

Entre os objetivos principais do curso estão a formação de profissionais, a padronização dos procedimentos nos Bancos de Olhos, e o estabelecimento de um sistema de qualidade no processamento dos tecidos oculares doados.

Serviço na Bahia

Inaugurado em maio de 2006, no Hospital Roberto Santos, o Banco de Olhos da Secretaria da Saúde do Estado já registrou, este ano, 120 doadores de córneas, um aumento significativo em relação a anos anteriores - 100 doações durante todo o ano de 2006 e 70, em 2005.

O coordenador técnico do serviço, Jorge Paulo Araújo, explica que o registro de 120 doadores representa 240 córneas doadas, mas, em geral, cerca de 40% das córneas doadas, por motivos diversos, são descartadas. Em função disso, foram realizados 133 transplantes de córnea no estado em 2008.

Em todo o mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), existem cinco milhões de pessoas cegas por falta de um transplante de córnea. No Brasil, calcula-se que são 25 mil pessoas. Na Bahia, terceiro estado mais populoso do país, embora não existam estatísticas oficiais, estima-se que cerca de 700 pessoas aguardam um transplante para conseguir enxergar novamente. A espera pela cirurgia no estado pode ser superior a um ano.

Segundo o oftalmologista, com a maior conscientização da população sobre a importância da doação e o apoio de todos os segmentos da sociedade, sobretudo da mídia, “a fila de espera para transplante de córnea pode ser zerada”.

Engajamento

“Na Bahia, a cultura de doação de órgãos é pouco difundida, o que gera imensa quantidade de negativas familiares dos potenciais doadores”, aponta Jorge Paulo, acrescentando que o engajamento da sociedade em geral nas campanhas educativas também é muito pequeno na Bahia.

O Banco de Olhos é responsável pela retirada, transporte, avaliação, classificação, preservação, armazenamento e disponibilização dos tecidos oculares doados, ou seja, por todas as etapas de processamento dos tecidos. “A execução dessas etapas é a única maneira de garantir que os procedimentos serão feitos de forma ética, com segurança, por profissionais capacitados e de acordo com as normas médicas internacionais para esse tipo de atividade”, esclarece o médico.

Qualquer pessoa pode ser doadora de tecido ocular, independente de idade, uso de correção visual (óculos ou lentes de contato) ou de alguma possível doença. “O importante é conversar com os familiares sobre o desejo de doar, porque a família é a única responsável pela efetivação de uma doação e a retirada dos tecidos oculares só pode ser feita com a autorização da família”, enfatiza o coordenador do Banco de Olhos da Bahia. O serviço disponibiliza folhetos informativos, que podem ser solicitados por aqueles que desejam ser doadores.

O oftalmologista garante que a retirada dos tecidos oculares é feita com técnica cirúrgica que não deixa vestígios e não provoca qualquer modificação na aparência do doador. “A doação é feita após a parada do coração e a captação (retirada) dos tecidos oculares pode ser feita até 6 horas depois de constada a morte encefálica”, finaliza Jorge Paulo.


sas/is

2008-08-08

Inscrições para o Prêmio Servidor Cidadão vão até dia 22

O Governo da Bahia estimula e premia a solidariedade dos servidores públicos estaduais com a realização do Prêmio Servidor Cidadão, cujas inscrições estão abertas até dia 22 deste mês. A premiação distribuirá R$ 42 mil em dinheiro entre os vencedores. São R$ 10 mil para o 1º lugar, R$ 7 mil (2º), R$ 5 mil (3º), R$ 3 mil (4º) e R$ 2 mil (5º). Os classificados entre o 6º e o 10º lugar receberão um prêmio de R$ 1 mil cada, a título de menção honrosa. Também será contemplada com R$ 10 mil uma das instituições selecionadas entre os cinco primeiros servidores premiados.

Para mais informações, basta consultar o Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br), enviar um e-mail para o endereço ucs.premio@saeb.ba.gov.br ou entrar em contato pelos telefones (71) 3115-5105/5152. Serão premiados trabalhos voltados à melhoria da qualidade de vida da população, ao estímulo à cultura e à capacitação profissional e educacional no âmbito da comunidade baiana. A ação integra as comemorações do Dia do Servidor, celebrado em 28 de outubro.

No ano passado, a ação premiada foi o projeto “Será que você sabe?”, que mobiliza crianças e adolescentes para o resgate da história do município de Cachoeira. O projeto é conduzido, desde 2003, por Rita de Cássia Salgado de Santana, servidora da Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC). Com a quantia conquistada com o Prêmio Servidor Cidadão, Rita e sua equipe de 16 pessoas puderam ampliar o projeto, que hoje atende a 95 jovens e se chama “Novos Olhares”. No último ano, as ações foram expandidas para São Félix e Maragojipe, além de Cachoeira.

“Não tínhamos tanta estrutura e com o dinheiro do prêmio compramos filmadora, mesas, cadeiras, estante e material fotográfico. O projeto também acabou de ser contemplado com o patrocínio de uma grande empresa e estou certa de que o Prêmio Servidor Cidadão teve uma importância decisiva para isso. Sem dúvida, o prêmio foi uma grande vitrine”, afirma Rita.

Material para inscrição

Podem participar, servidores da administração pública estadual, direta e indireta, do Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, ativos ou inativos. Para concorrer, o servidor deve ler o regulamento do Prêmio e preencher a ficha de inscrição disponível no Portal do Servidor, além de produzir um relato com até 20 páginas sobre a ação voluntária desenvolvida, descrevendo o trabalho, que deve ser comprovado por fotos.

Todo o material para inscrição deve ser enviado impreterivelmente até o prazo, em envelope fechado, para a Diretoria de Desenvolvimento da Saeb, no endereço: Fundação Luís Eduardo Magalhães, 3ª Avenida, nº 310, Centro Administrativo da Bahia, CEP 41.745-005, em Salvador. A data de envio será comprovada pelo recibo ou carimbo do correio ou pelo protocolo de entrega. Não serão aceitas inscrições via fax ou e-mail.

O servidor que participou da quinta edição do prêmio, em 2007, estará automaticamente inscrito este ano, sem necessidade de reenvio do descritivo do projeto. Basta apenas preencher a ficha de inscrição, que deverá ser enviada para a Saeb em envelope lacrado, postado ou protocolado.


aas/is

Alternativas de reuso da água em Israel podem ser adaptadas ao semi-árido baiano

Israel é um dos países do Oriente Médio que enfrentam graves problemas em decorrência da escassez hídrica, mas tem encontrado alternativas de reuso da água capazes de transformar água de esgoto em potável. Essas e outras alternativas de convivência com o problema podem servir de base para o desenvolvimento de políticas públicas na Bahia, que tem 69,3% de seu território no semi-árido. A área é composta por 266 municípios e reúne uma população estimada, segundo o IBGE, de 6.451.835 pessoas.

As experiências de reuso da água em Israel estão sendo conhecidas por representantes do Governo do Estado, em viagem oficial ao país, a convite da Câmara de Comércio América Latina-Israel. Participam da delegação, o diretor-geral do Ingá, Julio Rocha, que seguiu para Israel direto da África, depois que apresentou, em São Tomé e Príncipe, as ações de enfrentamento ao racismo ambiental desenvolvidas pelo Estado da Bahia, o diretor de Regulação do órgão, Luiz Henrique Pinheiro, e a superintendente de Irrigação da Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri), Silvana Costa.

A delegação iniciou a visita, no domingo (3), por Mekorot, empresa estatal israelense e conheceu o sistema de tratamento das águas residuárias da região metropolitana de Tel Aviv, localizada em Rishon. O esgoto é tratado e se transforma em água para irrigação. A estação de tratamento produz cerca de 370.000 metros cúbicos/dia de água, o equivalente a 135 milhões metros cúbicos/ano - representando 15% da necessidade agrícola.

A empresa também utiliza o sistema de tratamento terciário (lodo ativado e clarificadores) seguido de infiltração do efluente no solo, obtendo em seguida condições até de potabilidade. A superintendente de Irrigação da Seagri, Silvana Costa, avalia que “a experiência de Israel de uso da água pode efetivamente servir de modelo para o desenvolvimento da agricultura baiana no semi-árido”.

Ela ressalta que, em Israel, diversas empresas têm desenvolvido sistemas fechados de uso de água por estímulo governamental que possui campanhas públicas de uso eficiente. A questão da água é uma dos temas mais importantes para o desenvolvimento de Israel. Para Julio Rocha, “a tecnologia utilizada pela Mekorot é exemplo de que tratamento de esgoto pode significar investimento na sustentabilidade”.

Gotejamento

A delegação baiana conheceu a empresa Netafim, líder mundial em irrigação por gotejamento. A indústria fez apresentação sobre a perspectiva da água na agricultura, destacando a necessidade de uso eficiente na irrigação, com análise de utilização de vazões baixas, irrigação super intensiva com utilização de gotejamento associada a alta produtividade e menor impacto ambiental.

Na segunda-feira dia 4, os gestores baianos seguiram para Asheklon, onde visitaram a dessalinizadora Adom, de tecnologia franco-israelense. A fábrica reúne duas plantas para dessalinização, com captação de cerca de 28.000 metros cúbiso/h de água proveniente do Mar Mediterrâneo e produz 14.000 metros cúbicos/h de água potável. A água é repassada para a estatal e agência de água Mekorot. A visita compreendeu todo processo da produção.

Para Luiz Henrique, “o tratamento eficiente dos efluentes domésticos e a escolha adequada e possível de um sistema de abastecimento feitos em Israel, são exemplos para regiões de escassez hídrica na Bahia”. As principais cidades de Israel possuem sistema automatizado de irrigação para parques e jardins por gotejamento, com economia de 50 a 60% da água proveniente dos sistemas de tratamento de efluentes. Todo sistema de irrigação é acompanhado e controlado por computador.

mas/is

2008-08-07

Jorge Sola lança campanha de vacinação em videoconferência em Irecê e outros municípios

Por meio de videoconferência transmitida para 28 municípios, o secretário da Saúde, Jorge Solla, fará o lançamento, nesta sexta-feira (8), no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT), da Campanha Nacional de Vacinação contra a Rubéola e da segunda etapa da Vacinação contra Poliomielite que serão iniciadas no sábado (9). Na ocasião, o secretário apresentará o Plano Estadual de Saúde e o balanço dos 18 meses de gestão.

O público alvo da videoconferência é formado pelos diretores regionais, representantes de mídias locais, conselhos municipais de Saúde, secretários municipais de Saúde, prefeitos e vereadores. A transmissão acontecerá nos pontos das sedes das Diretorias Regionais de Educação (Direcs) dos municípios de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Brumado, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Guanambi, Ibotirama, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Bom Jesus da Lapa, Piritiba, Ribeira do Pombal, Santo Antônio de Jesus e Valença.

sas/is

2008-08-05

Corte, Monte e Reconte: uma pedagogia do olhar

Um novo olhar sobre a arte. É com este propósito que a Secretaria Estadual da Educação (SEC) oferece a 135 professores e coordenadores da rede, de segunda-feira (4) à sábado (11), o curso de capacitação Corte, Monte e Reconte: uma pedagogia do olhar, do artista plástico Edson Calmon. Realizado no Museu de Arte Moderna (MAM), o curso alia teoria e prática e tem como objetivo ampliar a percepção do olhar e da sensibilização para a importância das artes visuais nas escolas. O curso possui carga horária de 44 horas.

O curso integra as atividades de um projeto mais amplo da SEC, a I Mostra de Artes Visuais Estudantis (AVE), que visa explorar o potencial educativo através das artes visuais, estimulando a criação de obras de arte no ambiente escolar, assim como a valorização das expressões culturais regionais. Além disso, o projeto pretende ainda estimular a produção artística, sob a compreensão da obra de arte como objeto de ampliação do conhecimento, prazer e mudança.

Através da formação de professores e coordenadores que atuarão como agentes multiplicadores, a SEC busca fomentar o desenvolvimento das diversas expressões artísticas no currículo escolar e a criação e produção de distintos saberes artísticos e culturais.

Eas/al

Cessão de Uso de Águas Públicas é tema de discussão em plenária em Salvador

Encerra-se neste início de agosto, o período de Plenárias Setoriais antes da I Conferência Estadual de Cessão de Uso de Águas Públicas para fins da Aqüicultura, evento organizado pela Bahia Pesca, que acontece em Salvador de 19 a 22 de agosto. Segunda-feira (04), foi realizada a última plenária em Salvador no Teatro ISBA, Ondina, a partir das 9h.

No decorrer do mês foram realizadas 13 plenárias, divididas entre 10 macro- regiões. As plenárias de Ilhéus, Itiúba, Juazeiro, Xique-xique, Itamarajú, Paulo Afonso, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Valença, Lauro de Freitas e Jequié contaram sempre com um ótimo público formado por representantes do setor pesqueiro e aquícola, estudantes, bem como a sociedade civil organizada interessada no tema.

As plenárias que já ocorreram discutiram, e a plenária de Salvador discutirá as principais linhas temáticas a ser abordadas na conferência, dentre os assuntos estão à perspectiva na oferta e demanda de pescado na Bahia e região; ordenamento nos procedimentos de cessão de águas públicas e licenciamento ambiental; alternativas de desenvolvimento e sustentabilidade da pesca com a aqüicultura; impactos sociais e ambientais nos ecossistemas aquáticos e aqüicultura responsável.

O objetivo da I Conferência Estadual de Cessão de Uso de Águas Públicas para fins da Aqüicultura é propor diretrizes e temas prioritários, visando estimular o setor aquícola do estado, bem como desenvolver propostas para potencialização da produção na Bahia por meio da aqüicultura.

Os interessados em participar da última plenária setorial ou obter informações sobre a conferência, deverão entrar em contato com os escritórios regionais da Bahia Pesca. O Endereço e contato dos escritórios estão disponíveis no site da Bahia Pesca no http://www.bahiapesca.ba.gov.br ou pelo (71) 3116-7100, sede Av. Adhemar de Barros, 937 – Ed. Bahia Pesca – Ondina.

2008-08-04

Criação de curso de Medicina em Jequié na Universidade do Sudoeste, no próximo ano

O campus de Jequié da Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb) contará com o curso de Medicina a partir do próximo ano. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira (30), pelo governador Jaques Wagner que também visitou o município para entregar novas alas e equipamentos no Hospital Geral Prado Valadares, além de inaugurar uma unidade do Centro Digital de Cidadania, um Núcleo de Acompanhamento e Apoio às Medidas e Penas Alternativas (Nuapa), um Núcleo de Direitos Humanos (NUDH) e anunciar outros benefícios. O conjunto de ações do estado soma investimentos de R$ 12 milhões.

A veterinária Magali Chaves comemorou o anúncio do novo curso com lágrimas e sorrisos. Segundo ela, a faculdade de Medicina era um sonho de 50 anos dos moradores de Jequié. A estudante Rosana Silva, 17 anos, contou que vai adiar os planos de fazer vestibular para tentar seguir a carreira médica em Salvador, porque quer cursar a universidade em sua terra natal. “Caso eu passe no vestibular, terei uma economia muito grande com moradia e outras despesas”, planeja a jovem.

Os moradores de Jequié, cidade a 345 quilômetros da capital, festejaram não só o anúncio do novo curso, como as intervenções feitas pelo Governo do Estado, no Hospital Prado Valadares. Além das novas alas de farmácia e pediatria, agora com 18 leitos, a unidade hospitalar - que está à disposição de mais de 500 mil baianos de 30 municípios - também ativou mais cinco leitos de UTI.

O secretário da Saúde, Jorge Solla, afirmou que outros hospitais em todo o estado também estão passando por um processo de reestruturação. “Estamos aumentando o número de profissionais, adquirindo novos equipamentos, tudo isso para mudar estrutura que estavam sucateadas e oferecer melhor qualidade de atendimento à população”.

O diretor da unidade, Gilmar Vasconcelos, informou que somente no Prado Valadares foram contratados 149 plantões médicos, enfermeiros (67), assistentes sociais (12), auxiliares de enfermagem (130), fisioterapeutas (13), além de técnicos e psicólogos, e adquiridos cinco aparelhos modernos para exames totalmente automatizados.

O governador Jaques Wagner participou ainda da inauguração do Posto de Pronto Atendimento da prefeitura local e entregou à população, além do NUDH, o Nuapa, cujo objetivo, segundo a secretária da Justiça, Marília Muricy, é garantir o casamento de segurança com cidadania. “Há pessoas que não precisariam passar muito tempo na cadeia. Elas podem trabalhar para a comunidade e ter acompanhamento - 88%% das pessoas que cumprem medidas sócio-educativas possuem grandes chances de recuperação”.

Wagner também anunciou a execução de obras nas áreas de abastecimento de água e saneamento básico. Entre elas, a pavimentação de quatro ruas na sede e do distrito de Taibó.

Geração de emprego

Acompanhando o governador, o secretário de Indústria, Comércio e Mineração, Rafael Amoedo, antecipou que a região será contemplada com investimentos do setor produtivo. “A Ramarim ampliará sua planta e outras seis indústrias devem chegar, gerando aproximadamente 1,5 mil postos de trabalho”.

Além disso, o governador também assinou protocolo de intenções para a transferência de operações de uma empresa mineradora de Ituaçu para Jequié. Em discurso, Wagner também defendeu a produção de biodiesel, incentivando a agricultura familiar e a inclusão social como principal ferramenta de combate à violência.

Centros Digitais

Com uma renda mensal de apenas R$100 por mês, o estudante Deivid Cardoso, 17 anos, gastava o equivalente a 20% deste valor com a locação de computadores em estabelecimentos conhecidos como Lan House. O dinheiro, segundo Deivid, fazia muita falta na hora do lazer.

Com a inauguração de um Centro Digital de Cidadania, no bairro Cidade Nova, o jovem comemorou a economia. “Agora vai sobrar um dinheirinho a mais para curtir com os amigos e eu vou poder fazer os meus trabalhos escolares mais tranqüilo”, afirmou.

Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ildes Ferreira, serão implantados mais 540 centros até o final deste ano em todos os municípios baianos, “com o objetivo de ampliar o acesso à internet da comunidade mais carente”.

ggc/is

2008-08-03

Promo realiza treinamentos em comércio exterior para baianos

Para disseminar conhecimentos sobre operações ligadas ao comércio internacional e ao câmbio, o Promo – Centro Internacional de Negócios da Bahia, vinculado à Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração, e o Banco do Brasil realizam nos dias 14, 21 e 28 de agosto treinamentos em Exportação I, Exportação II e Exportação de Serviços.

Os cursos são destinados a empresários e seus funcionários, profissionais da área, acadêmicos e demais interessados em adquirir conhecimentos gerais sobre comércio exterior.

Os treinamentos acontecem das 8 às 12 e das 14 às 18h, na sede do Banco do Brasil do Comércio (Avenida Estados Unidos, 561, 3º andar, Salvador). O investimento de cada curso é de R$ 150, mas se o interessado se inscrever nos três paga apenas o valor referente a dois treinamentos (R$ 300).

As vagas são limitadas e os interessados podem fazer suas inscrições através do telefone (71) 2101-9429 ou do e-mail treinamento@promobahia.com.br. Mais informações no site www.promobahia.com.br.

ias/om

Agricultores familiares da região de Irecê podem participar de cursos do EBDA

Dando continuidade ao processo de capacitação dos agricultores familiares, na microrregião de Irecê, incluindo os municípios de Barra dos Mendes e São Gabriel, a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), por meio do Centro de Profissionalização e Desenvolvimento Tecnológico (Centrefertil), programou, para o mês de agosto, cinco cursos nas áreas de homeopatia, apicultura, processamento de leite, agroecologia e pintura em tecido para agricultores familiares.

Da programação consta o curso de Homeopatia para criadores de caprinos e ovinos (5 a 7 de agosto), ministrado pelo médico veterinário da EBDA, Antônio Vicente Dias, que mostrará as principais técnicas de manejo sanitário, baseadas na medicina homeopática, e dentro dos princípios de agricultura orgânica, visando à produção de leite e carne livres de agroquímicos.

O curso de Iniciação à Apicultura, que acontecerá entre os dias 12 e 14, mostrará as técnicas básicas para a criação racional de abelhas e promoverá a profissionalização do apicultor no agronegócio apícola. Os cursos, com datas a serem confirmadas, são o de Processamento de Lácteos e o de Agroecologia.

A partir de terça-feira (5) acontecerá o curso de Pintura em tecido, que faz parte de um trabalho com a comunidade vizinha ao centro, objetivando promover maior integração com a população circunvizinha e contribuir com o seu desenvolvimento.

O Centro de Profissionalização tem como principal objetivo oferecer capacitação e assistência técnica de qualidade aos agricultores familiares, trabalhando toda a unidade familiar, de forma prática, com o fim de agregar valor à produção, aquecer a economia local e fixar a família agrícola no campo. Os interessados em participar dos cursos poderão obter mais informações pelo telefone (74) 3641-3713, diretamente no Centrefertil ou na Gerência Regional, em Irecê.


ras/is

Arquivo


Teste sua Memória