2007-12-19

Moradores de Ibipeba - Bahia estão animados com a chuva abundante


Em Ibipeba, segundo alguns moradores, caiu mais de 100mmm de chuva, amenizando, desta forma, o sofrimento dos animais que em algumas localidades não tinham água para beber.

Acontece que muitos agricultores estão revoltados, porque não tem dinheiro para preparar o solo, nem para comprar sementes.

É preciso que as autoridades do município se mobilizem junto ao governo do estado no sentido de conseguirem doação de sementes.

É uma pena se a terra ficar molhada e pouca gente plantar. A riqueza de um município e de uma nação depende de trabalho e produção.

2007-12-18

Assegurada continuidade das obras de irrigação em Juazeiro e Baixio de Irecê

As obras dos perímetros de irrigação Salitre, em Juazeiro, e Baixio de Irecê, que abrange os municípios de Itaguaçu da Bahia e Xique-Xique, vão ser retomadas. A sua continuidade foi assegurada hoje (17) com a assinatura das ordens de serviço pelo governo da Bahia e pelo Ministério da Integração Nacional.

Juntos, os dois projetos vão irrigar mais de 90 mil hectares de área e receberão investimentos de quase R$ 500 milhões, até 2010 – R$ 251,5 milhões para o Salitre e R$ 241 milhões para o Baixio de Irecê. Os recursos são provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

Somente o projeto do Baixio de Irecê vai atender quase 60 mil hectares irrigáveis. Quando a primeira etapa do projeto estiver concluída, provavelmente em julho de 2008, uma área de 4.723 hectares será distribuída em 47 lotes para pequenos produtores, 38 para médios e 32 para empresas, gerando 5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos.

Já o Salitre será executado em cinco etapas e vai gerar, apenas com a conclusão da primeira (prevista para julho de 2009), 4.800 empregos diretos e 9.700 indiretos.

Em solenidade na Governadoria, as ordens de serviço foram assinadas pelo governador Jaques Wagner, pelo ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, e pelo presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Orlando Castro.

“Essas obras vão representar mais emprego, mais renda e mais melhoria para a vida de nossa gente”, afirmou Wagner. Vieira Lima disse que a retomada dos projetos ajudará a matar a sede de centenas de famílias no nordeste setentrional. “Estamos retirando do papel uma antiga reivindicação da comunidade”, destacou.

Em relação ao projeto Salitre, já foram concluídas obras de três estações de bombeamento e 90% dos canais de irrigação da primeira etapa. Somente as ordens de serviço assinadas hoje somam R$ 74 milhões – R$ 53 milhões para o Baixio de Irecê e R$ 21 milhões para o Salitre.

Agecom

Governador e ministro Geddel conferem o recebimento das máquinas do Derba

Depois de duas décadas, 15 das 20 residências do Derba vão receber equipamentos novos. Depois da parceria com o MDA e de investimentos próprios, o governador Jaques Wagner assinou, nesta segunda-feira (17), termo de comodato de 72 máquinas – cedidas pelo Ministério da Integração Nacional, através da Codevasf.

Uma parceria entre o governo da Bahia e o Ministério da Integração Nacional – por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) – vai beneficiar cerca de 200 mil baianos que moram na região da Bacia do Rio São Francisco.

A União cederá, em regime de comodato, 72 equipamentos (quatro patrulhas mecanizadas) que irão reestruturar quatro Residências de Manutenção do Derba – autarquia vinculada à Secretaria Estadual de Infra-estrutura (Seinfra). O investimento é da ordem de R$ 15 milhões, sendo R$ 1,7 milhão a contrapartida do Estado, para a recuperação de 308 quilômetros de rodovias ribeirinhas da área de influência da Codevasf.

A assinatura do termo de cessão do uso de equipamentos entre o Derba e a Codevasf para recuperação e manutenção de rodovias foi realizada, nesta segunda-feira (17), na Governadoria. “O maquinário vai ser de grande importância para dotar o estado de uma infra-estrutura digna”, explicou Wagner.

Logo após a solenidade, o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, o governador Jaques Wagner, o secretário estadual de Infra-estrutura, Antonio Carlos Batista Neves, o presidente da Codevasf, Orlando Castro e o diretor-geral do Derba, além de deputados estaduais e federais foram conferir as máquinas que já foram entregues ao Derba e estão estacionadas no pátio do CAB.

As Residências que serão contempladas com as quatro patrulhas mecanizadas são as de Morro de Chapéu (12ª RM), Santa Maria da Vitória (15ª RM), Barreiras (16ª RM) e Seabra (19ª RM). O número de beneficiados não ficará limitado às populações do Velho Chico, já que as Residências estão autorizadas a utilizar as máquinas em todas as suas áreas de abrangência que, somadas, chegam a 5,2 mil km de rodovias, atendendo 73 municípios baianos e mais de um milhão de habitantes.

Cada patrulha mecanizada é composta por caminhoneta, caminhão carroceria, trator de esteiras, caminhão basculante, moto bomba, caminhão espargidor, vassoura mecânica, caminhão lubrificação, motoniveladora, grade de discos, caminhão pipa, rolo vibratório liso, espalhador de agregados, rolo de pneus, pé carregadeira e trator industrial.

Parceria – A parceria entre os governos federal e estadual para o reequipamento das Residências do Derba não se restringe apenas ao Ministério da Integração Nacional. Na última sexta-feira (14), foi firmado um contrato entre a Caixa Econômica Federal (CEF) e a Seinfra, com recursos do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), para a aquisição de mais seis patrulhas mecanizadas (95 equipamentos), que atuarão nas áreas de abrangência das Residências do Derba de Feira de Santana, Cipó, Seabra, Senhor do Bonfim, Alagoinhas e Casa Nova.

O investimento – da ordem de R$ 20 milhões, sendo R$ 18 milhões oriundos dos cofres do MDA e R$ 2 milhões de contrapartida do Estado – beneficia a mais de 2,5 milhões de cidadãos. Com estes equipamentos, serão recuperados 521 km de rodovias dos territórios da Bacia do Jacuípe, Chapada Diamantina, Sisal, Piemonte do Paraguaçu, Piemonte Norte do Itapicuru, Velho Chico, Semi-árido do Nordeste II e Itaparica, atendendo a 120 municípios, além de facilitar o escoamento da produção agrícola das regiões.

De acordo com o secretário estadual de Infra-estrutura, Antonio Carlos Batista Neves, ainda dentro da filosofia da reestruturação do Derba, o governo da Bahia destinou R$ 19 milhões do Tesouro do Estado para a aquisição de mais cinco patrulhas, que atuarão na região do Recôncavo (incluindo a área dos pólos industriais), no Litoral Norte e nas regiões cacaueira e de Irecê. Estes territórios são atendidos pelas Residências de Manutenção de Camaçari, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Itabuna e Itapetinga, responsáveis pela manutenção de 4.285 km de rodovias.

Juntos, os investimentos para a reestruturação do Derba – que chegam a R$ 54 milhões – permitirão o reequipamento de 15 das 20 Residências de Manutenção do órgão. As 15 novas patrulhas mecanizadas são compostas, no total, por 238 máquinas. Destas, 143 (as da Codevasf e próprias) serão entregues até o final deste ano.

Mais informações
Agecom - 31156468
Assessoria Seinfra
Raiane Veríssimo (MTB: 09040 MG) - (71) 3115-2286 / 8802-8161 / 9182-9758
raianeverissimo@seinfra.ba.gov.br e ascom@seinfra.ba.gov.br

Chuvas voltam a cair em Irecê e anima produtores

Pelo menos em Irecê, a sede do território, as chuvas começaram a cair, deixando os agricultores e criadores bastante animados, diante da possibilidade de termos um ano bom, com farta produção, diminuição de dívidas e progresso.

Em Ibipeba, segundo informações de Zeca, ontem à noite caiu muita chuva no município e provavelmente em localidades mais próximas. Lá a situação estava dramática e alguns criadores perderam animais por conta da seca.

Irecê que já foi considerada nacionalmente como a Capital do Feijão continua a mesma. Seu solo é o segundo mais fértil do mundo, perdendo, salvo engano, apenas para o da Ucrânia.

Tudo que se planta por aqui, produz de forma surpreendente. Feijão, milho, mamona, alfafa, gergelim, girassol . Também frutas como uva, pitanga, amora, banana, mamão, manga, abacaxi...

Infelizmente houve um desprezo por parte dos governantes e os agricultores, os heróis deste sertão, foram penalizados com juros altíssimos. Deixaram de plantar e o preço do prato predileto do brasileiros, feijão com arroz, ficou bem caro.

Os nutricionistas dizem que existem outras leguminosas capazes de substituírem o feijao, a exemplo da ervilha, lentilha ou grão-de-bico, mas, infelizmente, o preço é maior.

O desprezo das autoridades para com os agricultores de Irecê resultou em prejuízos para a população, não só daqui, mas também de outros estados, em conseqüência da elevação dos preços do produto. Tomara que sirva de alerta para os governantes.

2007-12-16

Irecê é beneficiada com mais uma parceria entre governos estadual e federal

  • Mais uma parceria entre governos estadual e federal
  • permite a recuperação da malha rodoviária baiana
  • Depois de duas décadas, 15 das 20 residências do Derba recebem equipamentos novos

Uma parceria entre o governo da Bahia e o Ministério da Integração Nacional – por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) – vai beneficiar cerca de 200 mil baianos que moram na região da Bacia do Rio São Francisco. A União cederá, em regime de comodato, 72 equipamentos (quatro patrulhas mecanizadas) que irão reestruturar quatro Residências de Manutenção do Derba – autarquia vinculada à Secretaria Estadual de Infra-estrutura (Seinfra). O investimento é da ordem de R$ 15 milhões, sendo R$ 1,7 milhão a contrapartida do Estado, para a recuperação de 308 quilômetros de rodovias ribeirinhas da área de influência da Codevasf.

A assinatura do termo de cessão do uso de equipamentos para recuperação e manutenção de rodovias será realizada, nesta segunda-feira (17), às 10 horas, na Governadoria. Participam da solenidade, o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, o governador Jaques Wagner, o secretário estadual de Infra-estrutura, Antonio Carlos Batista Neves, e o presidente da Codevasf, Orlando Castro.

As Residências que serão contempladas com as quatro patrulhas mecanizadas são as de Morro de Chapéu (12ª RM), Santa Maria da Vitória (15ª RM), Barreiras (16ª RM) e Seabra (19ª RM). O número de beneficiados não ficará limitado às populações do Velho Chico, já que as Residências estão autorizadas a utilizar as máquinas em todas as suas áreas de abrangência que, somadas, chegam a 5,2 mil km de rodovias, atendendo 73 municípios baianos e mais de um milhão de habitantes.

Cada patrulha mecanizada é composta por caminhoneta, caminhão carroceria, trator de esteiras, caminhão basculante, moto bomba, caminhão espargidor, vassoura mecânica, caminhão lubrificação, motoniveladora, grade de discos, caminhão pipa, rolo vibratório liso, espalhador de agregados, rolo de pneus, pé carregadeira e trator industrial.

Parceria – A parceria entre os governos federal e estadual para o reequipamento das Residências do Derba não se restringe apenas ao Ministério da Integração Nacional. Na última sexta-feira (14), foi firmado um contrato entre a Caixa Econômica Federal (CEF) e a Seinfra, com recursos do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), para a aquisição de mais seis patrulhas mecanizadas (95 equipamentos), que atuarão nas áreas de abrangência das Residências do Derba de Feira de Santana, Cipó, Seabra, Senhor do Bonfim, Alagoinhas e Casa Nova.

O investimento – da ordem de R$ 20 milhões, sendo R$ 18 milhões oriundos dos cofres do MDA e R$ 2 milhões de contrapartida do Estado – beneficia a mais de 2,5 milhões de cidadãos. Com estes equipamentos, serão recuperados 521 km de rodovias dos territórios da Bacia do Jacuípe, Chapada Diamantina, Sisal, Piemonte do Paraguaçu, Piemonte Norte do Itapicuru, Velho Chico, Semi-árido do Nordeste II e Itaparica, atendendo a 120 municípios, além de facilitar o escoamento da produção agrícola das regiões.

De acordo com o secretário estadual de Infra-estrutura, Antonio Carlos Batista Neves, ainda dentro da filosofia da reestruturação do Derba, o governo da Bahia destinou R$ 19 milhões do Tesouro do Estado para a aquisição de mais cinco patrulhas, que atuarão na região do Recôncavo (incluindo a área dos pólos industriais), no Litoral Norte e nas regiões cacaueira e de Irecê. Estes territórios são atendidos pelas Residências de Manutenção de Camaçari, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Itabuna e Itapetinga, responsáveis pela manutenção de 4.285 km de rodovias.

Juntos, os investimentos para a reestruturação do Derba – que chegam a R$ 54 milhões – permitirão o reequipamento de 15 das 20 Residências de Manutenção do órgão. As 15 novas patrulhas mecanizadas são compostas, no total, por 238 máquinas. Destas, 143 (as da Codevasf e próprias) serão entregues até o final deste ano.

Arquivo


Ocorreu um erro neste gadget